terça-feira, 25 de maio de 2010

Com ou sem emoção?

O emprego de baba me proporciona ora extrema satisfação, ora o mais profundo cansaço mental (alias, como tudo na minha vida). Mas eu me divirto bem mais trabalhando com meu monstrinho do que como faxineira. Afinal, vassouras não são engraçadas. E o guri é realmente muito fofo! Acho que eu passo mais da metade do tempo falando com ele com os dentes trincados e o apertando e fazendo cocegas e querendo comer os dedos dele (são tão pequenininhos!). Acho que eu gostaria que a babah do meu filho tivesse um carinho tão grande por ele como eu tenho por Monstrinho. Mas ao mesmo tempo, fiquei seriamente assustada quando analisei minha forma de brincar com o guri. Eh tipo, modo violência: ON.

Assim que comecei a trabalhar, no começo desse mês, a gente brincava de esconde-esconde. Quer dizer, eu brincava, ja que não da pra explicar a um bebê de um ano as regras do jogo (eu bem que tentei, mas a unica resposta que eu tive foi um filete de baba descendo da boca dele). Dai, cada vez que eu aparecia pra ele, eu dava um sustinho. Tipo, "coucou"! E ele sempre se assustava, mas mesmo assim ria. Se assustava e ria. Aih, fudeu, né? Peguei a mania e agora eu adoro aparecer de suspresa. Eh dai que eu penso que eu daria um murro na minha baba se ela fosse como eu, porque eu odeio sustos. Mas ele gosta, eu não entendo! A mãe deu pra ele um livrinho que conta a historia de um lobo e, na penultima pagina (o livro tem cinco), aparece a boca do lobo aberta e a cor da pagina é laranja. A mãe disse que ele morre de medo dessa pagina e eu, eu morro de rir quando ele vê esse livro, porque ele procura a pagina, abre, toma um susto, fecha rapidamente e começa a rir. Depois, ele faz tudo de novo, pelo menos umas dez vezes por dia e toda vez o tamanho do susto é o mesmo.

Ele também tem um carrinho em que ele monta e eu empurro. No começo, eu empurrava delicadamente, mas era chato. Dai, eu comecei a correr com o carrinho. Acelerava de 0 à 30km/h em dois segundos. Uau. Eu reproduzia o barulho do motor e tudo mais. E o guri adorava! Daih, semana passada, eu tava empurrando o carrinho quando decidi fazer uma curva sem desacelerar. Pra que? O guri sobrou na curva e voou do carrinho. A queda não foi grande, mas o (meu) susto, foi. Fui buscar o guri e fiquei toda errada depois.

De toda forma, eu adoro brincar com ele assim. A mãe diz que eu não devo ensina-lo "des bêtises", mas eu adoro gritar, pular, sacudi-lo, dançar feito uma idiota, me esconder etc. Então, vocês devem imaginar o quanto eu fico à vontade quando a mãe trabalha em casa.

13 comentários:

asnalfa disse...

kkkkkkkkkkkk
Me escangalhei de rir so de imaginar o seu "gnomo" voando de um carrinho de brinquedo!

Glória Maria Vieira disse...

Luci, ainda não li o poste de hj, pq tenho já que sair NOW! AUSHAUHSUH :/ Mas voltarei aqui pra ler e fazer um comentário, claro! Aliás, outro! UASUASHHASHUAHS

MAS ENFIM, eu queria que vc escrevesse de novo o que vc ia comentar, chefa!
kkkkkkkkkkk PQ? pq eu queria muito saber1 UHASUHAUHSUAHSUHAHSH OS PORMENORES!=D
Enfim, eu volto viu?!
um beijo =*

Amanda disse...

Ai Luci, vc arranjou um irmão mais novo! Morri de rir! Impressionante como criança faz as mesmas coisas 20 vezes seguidas e continua tendo a mesma reação.

Mas cuidado com a parte de sacudir, pode ser perigoso pra um bebê!

Caso me esqueçam disse...

asnalfa: eu tambem ri, mas ri de nervoso!

gloria: ah, nao era nada demais, eu tava soh narrando minha relacao dificil com coisas que tocam meu olho Oo da proxima vez vou ser inteligente e salvar num simples "ctrl c/v" =~

amanda: hahaha sabia que alguem ia acabar chamando minha atencao, mas achei que fosse a mariana ou a rita, uma das maes. esqueci que eu tenho uma baba consciente como leitora. mas eu nao sacudo ele nao, na verdade, eu morro de medo de quebra-lo (apesar de nao parecer...)

Glória Maria Vieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Glória Maria Vieira disse...

Agora sim eu vou comentar o que se deve comentar no poste de hoje! UASHUHSAHSHAUSH ALLONS Y!

Ah Luci, que fofa! Pelo visto o gurizinho adora você! O que é ótimo, né!? O voo foi longe, mas a emoção dele deve ter ido bem mais longe, viu!? AUSHUAHSUAHSUAHHS CRIANÇA adora adrenalina! UAHSUASHAUHSHSH Eu lembro que meu irmão, qnd era pequeno, e o meu primo pequeno Teteu (Matheus) só dormiam no meu balanço. Agora o pq? pq eu dava cada papoco com eles! UAHSUAHSUHAUSHUAHUSHHS Enfim, é muito gostoso, MAS acaba com a pessoa!:/ UAHSUAHHSASHAH =*

E ... obrigada pelo esclarecimento sobre o coments! Qnd eu fui responder o seu, eu tbm esqueci de apertar Ctrl C!¬¬ E lá fui eu digitar tudo de novo! O bom é que não era tanta coisa assim, né?!=*

Aline Mariane disse...

uau, altas emoçoes!
fiquei curiosa pelos dedinhos... oh, fofura!
Bjss!

Luciane Curitiba disse...

Guria, choro de rir com as suas histórias. Parece que vi a cena do moleque voando do carrinho e vc desesperada indo buscá-lo. . . kkkkkkkkkkkk. Engraçada essa mania dos pequeninos de gostar do susto, não? A minha pequenina "escangalha" de rir quando me escondo e ela vem toda cheia de medo me achar. Vai entender. . .?!!

Nora Peixoto disse...

Guria! Eu admiro a tua disposição e coragem! E se tu machucas esta criança, a mãe dele vai te deportar! Tu és imigrante ou cidadã aí? Dependendo da alternativa, o processo é pena de morte ou só prisão perpétua!
Gosto demais do teu blog e teu soft bate-papo.Bjs.

Drixz disse...

Eu não sou muito fã de brincadeiras violentas. Mas esse lance de dar sustos e cócegas acho que é típico de criança pequena, sempre funciona. Mas eu prefiro quando as crianças ficam maiores e conseguem interagir, tipo com uns 3 anos.

mon disse...

o bom de brincar com guri é que dá pra justificar as tuas mangangas, né macaca? ave, eu gostava de brincar com meus gurizinhos tbm, e odiava qdo os pais tavam em casa, pq parecia que a babá tinha babás. tem que ficar se policiando em tudo, e não parecer mto mongol pros pais, nem mto séria pra criança. uma grande bosta!

mas, contudo... amanhaaaaaã! é um dia como outro qualquer. ¬¬

Caso me esqueçam disse...

gloria: eita, porra! "allons y"! ja tah dominando o frances, hein! proxima vez quero ver comentar tudo em frances! :D

aline: imagine 20 pequenos dedinhos bem frageis e curiosos! acho lindo quando ele tenta pegar um pedacinho de macarrao com os dedos. todo desajeitado, leva dois minutos pra executar qualquer acao hehehe ai ai ai

luciane: pois eh, eu soh sigo o rio: se ele gosta, eu faço (claro que o discurso na frente da mae seria outro, neh...) hohoho

nora: nada! eu ainda tou como uma simples imigrante. mas acho pena de morte um pouco pesado, nao? hehehe de qualquer forma, eu penso nisso: todo cuidado eh pouco!

drixz: acho que todo dia eu desejo que ele cresça logo. nao sei quanto tempo vou cuidar dele, mas queria poder ensinar mais coisas a ele que nao fosse bater palma e soltar beijo...

mon: "tem que ficar se policiando em tudo, e não parecer mto mongol pros pais, nem mto séria pra criança" exatamente isso. fico travada quando a mae tah lah. mas quando a porta se fecha... voce me conhece. :F

Andrea disse...

Gostei um monte do seu blog! Desse post então! uhauahuha Adoro crianças! E adorei ler sobre os seus divertimentos por aí! Vou voltar, pode esperar! Abraço!

Talvez

Related Posts with Thumbnails