terça-feira, 19 de outubro de 2010

Conclusao: Luci é um ser humano


Eu acho lindo quando as pessoas tentam me ajudar. Cada um faz ao seu jeito.

[13:41:10] o sol ta massa dit:
je suppose (hypothèse), je pose (thèse), j'oppose (antithèse), je compose (synthèse)

[13:41:48] o sol ta massa dit:
entendi, soh nao sei como aplicar isso

[13:46:43] Fábio dit:
agora fica a dúvida.. essa hipótese já é sua ou é a do texto?

[13:47:44] Fábio dit:
pq pode ser a hipótese do texto (por exemplo: luci peida dormindo.)

[13:48:07] Fábio dit:
a tese defendida no texto (luci peida dormindo pq tem gazes e pq dorme de bunda pra cima)

[13:48:31] Fábio dit:
a antítese defendida por tu (luci não peida! nunca! nem cu ela tem...)

[13:49:00] Fábio dit:
e a síntese (luci é um ser humano, se ela peida ou não, não importa)

[13:49:30] Fábio dit:
aí assim.. faço a menor idéia de nada ehehe

[14:06:54] o sol ta massa dit:
huahuahuaauahuauha

::

Algo me diz que eu preciso da ajuda de alguém mais capacitado.
Alguém conhece alguém?

12 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Eu nem tive tempo de comentar o post anterior e já descubro que você anda peidando loucamente por aí pra provar que é humana. Minha hipótese: é melhor outro guru. Bjs

simone disse...

muita calma nessa hora! nada de se desfazer em estado gasoso ehhehehehe

a tese e a antitese nao sao necessariamente opostas, no sentido de que elas nao precisam se contradizer. por ex, falando da greve nesse momento na frança

voce pode colocar a tese falando que a greve é apoiada pelos jovens porque eles tem uma consciencia social, porque entendem a importancia da aposentadoria, pq é cultural do frances querer se aposentar em tal epoca, etc, e explorar esses pontos nos subs da tese

na antitese, voce pode diser que, no entanto, outros setores sao da opiniao que os jovens nao sabem nem o que é a presente discussao, que so querem matar aula, que sao um bando de comunas e a mae deles é gorda, tambem aprofundando os pontos

e na sintese voce pode conciliar parcialmente, dizendo que mesmo que essa geraçao seja um pouco mais alienada e as senhoras maes mais roliças, nao se verifica que os jovens tenham perdido o costume de lutar pelos seus direitos, mesmos aqueles que sejam de distante obtençao, ou seja, a posiçao dos jovens seria valida


voila! :D

Iara disse...

Luci,

A Simone foi ótima, deu uma boa explicação ;-). Faz tempo que eu não comento aqui, mas queria te tranquilizar com o lance da faculdade. Não escuta a tal menina religiosa, não. Vai ser foda, não há dúvida, mas você vai conseguir. E vai ficar super orgulhosa de você mesma depois disso. Tenho uma amiga que passou por algo bem parecido com o que você está passando agora, dificuldades com a língua, com as pessoas, foi direto pra um curso super prestigiado em Paris, se descabelou, tirou nota baixa, varou noite, mas sobreviveu. Ah, e o casamento dela também sobreviveu, sempre bom avisar.

::: Luís Venceslau disse...

O que mais me aflige nessa coisa toda é elaborar tudo isso (oq não é pouca coisa) À MÃO. Capacidade pra fazer não é o problema, mas escrever direto, assim, sem rasurar, sem backspace, ctrl c, ctrl v.. medo, hein. =(

Line disse...

Nem cu ela tem, hahahaha!

Glória Maria Vieira disse...

Bem, Chefa! Eu acho que a Simone já ajudou, né?! Mas o que eu entendo por Síntese é justamente o que todo mundo sabe... que é um resumo em poucas palavras de um determinado texto.E Antítese é algo oposto a outro. Tipo: Luci não tem cu, mas a crentezinha tem dois. Um buraco embaixo e outro em cima. UAHSUHSAUHSUAHSUHAHSHASUH (Sim, pq ela só tem falado merda! u.u)
E a hipótese... Bom, é o que todo mundo já sabe também. Uma suposição... "SE"... isso, SE aquilo. Por aí! UAHUSHAUHSHUAUSHUH :D
E a tese é a defesa de alguma coisa... os argumentos que vão validar o que você vai abordar. (Se eu tiver errada, corrijam-me.)

Mariana disse...

Prova é pra acabar né? Coisa mais ultrapassada! So para dificultar a vida dos estudantes estrangeiros dependentes da correção do word!!!
Ninguém merece!
Mas, oh, ja conheci muitos sobreviventes, viu? Se agarra na primeira tabua que aparecer e ça va aller!

bjus!

Aline Mariane disse...

Aline em momento de reflexão profunda sobre a relação entre peidar e dormir de bunda pra cima...

Caso me esqueçam disse...

borboleta: e ja vou postar daqui a pouco de novo! hihihi aproveitando!

simone: melhor explicacao? impossivel hehehehe como clareou minha mente! de novo: chegar na prova nao sabendo nada disso seria no minimo chocante pros professor que iria corrigir hohoho O-B-R-I-G-A-D-A! :D

iara: queria um final feliz assim, mesmo que eu ficasse careca e doente no final do ano...

luis: agora junte tudo isso + fazer prova em frances. vei, eu preciso do google pra escrever um mero email! o que dira dissertacoes... meu deus. soh rindo.

line: pois eh, ninguem pode me chamar de cu doce #)

glorinha-doida: Luci não tem cu, mas a crentezinha tem dois. Um buraco embaixo e outro em cima. UAHSUHSAUHSUAHSUHAHSHASUH (Sim, pq ela só tem falado merda! u.u) - HAHAHAHAHAHAHA soh tu mermo pra me fazer rir numa hora de desespero como essa hahahahahahaha aaaahh =***

mariana: como diria um amigo meu: a faculdade atrapalha meus estudos. :/

aline: viu como esse blog lança debates importantes? povo falando de eleicoes, aborto, greve... gente, tem muito mais coisa pra se discutir nesse mundo.

Glória Maria Vieira disse...

A molezinha é pouca pra essas coaclas ambulantes, Chefa! UAHSUAHSUAHSUHAUHSUAHUAHUHSH #hihi Mecha com o que é meu não, que eu viro uma onça pintada sertaneja! #hihiagain

Sardenta disse...

hauuahuahuahua
vc e fábio são demais, viu? não sai nada que preste dai! hehehe

Carol Nogueira disse...

Luciana, eu ouvi uma explicação parecida com a da Simone antes de começar minha vida escolar na França e isso realmente salvou minha vida. Sempre tive notas bem razoáveis. Mais uma dica (pelo menos na minha fac era assim): na síntese, por mais absurdo que pareça, eles encorajam que a gente proponha uma "abertura", ou seja, novos aspectos do problema que não foram tocados no trabalho. É pra mostrar que você sabe que não exauriu todas as questões relacionadas ao tema e dar ideias (sem avançar, porque isso seria outro trabalho) sobre novas perspectivas sobre o mesmo tema. Entendeu? Courage e vai tranquilinha. É menos difícil do que parece! :o)

Talvez

Related Posts with Thumbnails