segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Fugitivos

(uma fuga rapida!)

Estou conhecendo uma Luci que eu nao imaginava que existisse: a Luci que estuda nos fins de semana. Jardim de infância, Ginasio, Ensino Fundamental, Médio... Cinco anos de faculdade e nunca na historia desse pais eu abri um livro durante o fim de semana. Mas estudar é preciso, viver nao é.

Mas como eu ja vinha anunciando (na minha cabeça?) que eu precisava ficar bêbada pra nao "péter un câble", como dizem por aqui, fui encontrar Camilo depois do trabalho dele na sexta pra tomarmos um vinho no quai (à beira do rio) e irmos à nossa pizzaria preferida. 

No metrô, vi um cara passar por mim rapidamente com uma roupa de paciente de  hospital, sujo e descalço (eu disse hospital, mas pela cara dele, devia ser hospicio mesmo). Fiquei esperando o médico do cara aparecer e nada! O cara tava super inquieto. Percebi que ninguém parecia se importar com aquela figura maluca. Olhei pro cara da frente, meio gatinho e tal, e ele esboçou o que parecia ser um sorriso, mas faltava, pelo menos, uns cinco dentes naquela boca. Credo. Depois percebi que esse cara tinha uns trejeitos esquisitos, uns tiques, fazia uns movimentos bizarros com a boca. Finalmente o doido era normal e o normal era doido. Isso é Lyon, minha gente. 

Cumpri minha missao naquela sexta-feira. Bebi uma garrafa de vinho de barriga vazia e esqueci metade da noite. Camilo diz que eu bebo feito uma adolescente que nao conhece seus limites. Hihihi "Pelo menos tu fica docil". Docil, minha gente. Como um cavalinho. 

No sabado, teve o SUPER show de Cat Empire! Nada melhor que escutar ao vivo musicas que você adora! E foi aquele show lindo, sabe, onde todo mundo canta à plenos pulmoes e bate palminha junto com o vocalista. Andamos de uma ponta a outra do teatro à base de chutes e empurroes. Levei um murro que ficarah gravado pra sempre em nossos coraçoes. E no meu estômago. Que Deus o tenha. 


Mas quando o sol raia, eu vou pro computador me dedicar à Historia (insira aqui barulho de fogos de artificio e algum hino bonito)!

Eu tou tensa e sensivel até a alma. Chorando por tudo e por nada, es-tres-sa-da, sonhando com a faculdade, com bicho papao, com o guri cagando minha roupa, com as apresentaçoes etc. Nice. Mas minha mae deve rezar com muito afinco, e Deus deve gostar muito dela, porque hoje... Hoje.

Hoje era aula de Historia Moderna. Hoje eu teria que me meter em um grupo qualquer pra fazer uma apresentaçao oral a ser marcada. Dai, lembrei de uma menina que senta sempre sozinha nessa aula e que parecia ser legal. Estrategicamente, cheguei mais cedo e sentei ao lado da cadeira onde ela costuma sentar. Mas quando a aula começou, ela ainda nao havia chegado. Fiquei decepcionada, porque as pessoas nao costumam se atrasar e achei que ela nao viria mais. Mas eis que ela chegou (apos meia hora). Fiquei feliz de vê-la entrar na sala, mas vi que ela foi rumando pra um outro lado. Aih ela parou, voltou e sentou-se ao meu lado. O plano estava dando certo. Soh faltava eu tomar coragem em pedir a mao dela em casamento pra fazer o trabalho com ela. Mas eu sou uma cagona e nao aproveitei o intervalo pra fazer isso, fiquei enrolando. Quando o intervalo acabou, ela se virou pra mim e disse "olha, tu tem grupo pra esse trabalho? Porque eu queria saber se posso fazer contigo". Hahahaha Minha gente, eu nao me contive, dei um sorrisao e até chamei palavrao. "Putain! Ouais! Bien sûr!" Acho que a menina pensou, Ok, minha filha, é soh um trabalho. 

Agora todas as apresentaçoes estao marcadas pra novembro. Algumas com apenas três dias de intervalo entre elas. Claro que ja comecei a estudar, mas algumas coisas me desanimam. Por exemplo, se me perguntassem qual o tema da aula do professor de hoje, eu nao saberia responder. Nao é o maximo? Passar quatro horas se concentrando numa aula que nao faz o menor sentido pra você? Eu adoro! O foda é que ja faz um mês que ele fala e eu nao entendo nada!

::

Saudades das minhas leituras bloguisticas diarias, mas continuarei off por tempo indeterminado dos vossos blogs queridos, queridas. Preciso garantir que nao serei vaiada durante novembro. 

À Historia!

12 comentários:

Flávia disse...

Luci,

Se te consola, tenho que escrever um projeto de doutorado em um mês...
Estou estudando em pleno feriado =(

Força!

Lembre-se das palavras de Marc Bloch: a história é uma diversão para aqueles que a fazem de ofício!

Abçs

Glória Maria Vieira disse...

Ô querida Chefa! Tenho sentido falta de tu!:~
Mas como é para o seu SUPREMO bem. Eu entendo que tenha que ficar ausente por tempo indeterminado /cry. =\

Arrase nas apresentações! E ah: Cagada de sorte você! UAHSUAHSUHAUSHAUHSHAHS A menina leu seus pensamentos. hihi Fofa! :)

Ana Flavia disse...

Medo! Essas suas aulas sao de assustar. Que tanto de trabalho sao esses? Parece supletivo do segundo grau no brasa: professor nao ensina nada, e bora apresentar seminario pra encher a grade.

Boa sorte
Bjo

Amanda disse...

Que orgulho de vc! Estudando fim de semana! E ainda arranjou uma parceira pra fazer trabalho! Ja esta mais do que integrada! Beijos!!

Sardenta disse...

Meu Deus, deve ser desesperador. Se eu não entendo o que minha professora na aula de francês fala, avalie uma aula de história! hahaha
Mas, fica fria! Tu vai conseguir terminar essa porra, com ou sem francês fluente! :D

Borboletas nos Olhos disse...

Orgulhosa de você! Duplamente, por estudar no fim-de-semana e por saber que intervalos são necessários e que encher a cara é uma boa terapia relax, rsrsr

Rita disse...

Olha, não sei seu eu tive um final de semana livre na fase final do doutorado, viu. Guenta aí.

Como tudo o que tenho feito ultimamente é torcer, acrescento você à lista fácil: torço por seu sucesso no mestrado, pela sua integração total ao grupo, pelo seu domínio da língua francesa, pela Dilma, pelo Brasil, por minha mãe, por... e por aí vai.

Beijos e segura firme!

Rita

disse...

Boa sorte ai' Luci e qdo der volta pra contar pra gente os seus "causos"!

S. disse...

Menina. ser possuida por um ser diabolico é trash. que filmes tu tem visto, hem? afe. rsrsrsrsr. Beijinhos e continuarei em fervorosa oração por tí.

::: Luís Venceslau disse...

Nem imagino como é uma situação dessas: trabalho em grupo (sempre odiei), outra lingua, outro país, pessoas pouco solidárias.. brrrrrr. Bom, mas tu já tá aí, atravessou oceano, continentes, e mais um monte de coisa, e não vai ser agora q vai se abater. Tu vai conseguir, tu vai ver.. ;]

Boa sorte. =]

Nira disse...

Não deve ser nada fácil passar por esse tipo de situação mas persista e não perca o foco de seus objetivos. muita força pra você!

Caso me esqueçam disse...

gente linda! que bom ler esses comentarios ;)

Talvez

Related Posts with Thumbnails