sábado, 30 de outubro de 2010

Arte culinaria = França

O show de Hindi Zahra foi otemo! Mas um pouco diferente do esperado. No album, as musicas sao tranquilas, toque de jazz, aquela coisa soft. No show, houve guitarra suficiente pra fazer o Metallica parecer Balao Magico. A moça devia ter dois palmos de altura, porque, mesmo usando salto alto, via-se que ela era bem nanica - o contrabaixo tinha sete vezes o tamanho dela (depois desse paragrafo, alguém mais duvida que eu sou uma pessoa exagerada?).

Ela entrou com seu vestido de oncinha, pouco falante. Mal se mexia. Depois, foi se empolgando e, la pra metade do show, incorporou a pomba-gira e ficou com ela até o final do espetaculo. De vez em quando, ela fazia umas dancinhas que deviam ter sido coreografadas por Scheila Carvalho em parceria com Regan MacNeil. Ora ela descia até o chao com as pernas abertas, ora ela se tremia toda ao mesmo tempo em que revirava os olhos. Essa mulher sabe mesmo o significado da palavra espetaculo. 

Adorei!

A estadia na casa dos pais de Camilo me fez bem, apesar de eu nao ter feito muita coisa por la. O meu momento mais produtivo foi uma mijada na cama. Por aih vocês tiram. Como o aniversario da mae de Camilo foi esse mês, resolvemos comemora-lo num almoço na casa da avoh assassina dele. Um ano e meio na França e eu sempre vou achar curiosa a forma de comer desse povo. Eh tanto protocolo que as vezes eu fico sem saber se posso me servir de algo sem agredir as regras.

No Brasil, a gente faz um prato de comida soh, com tudo o que tem direito, e é feliz. Aqui, pra ser feliz num jantar mais formal, temos que respeitar o demorado ritual do "aperitivo - entrada - prato principal - salada - queijo - sobremesa - digestivo". No Brasil, a gente mistura tudo e come qualquer coisa a qualquer hora. Aqui, ja me estranharam quando eu disse que comia presunto no café da manha - o café da manha do francês é doce: o mais perto que eles chegam do salgado é quando colocam manteiga no pao. Outro dia, fui comer queijo de cabra antes do almoço e meu roommate me olhou como se eu tivesse me servindo de um prato de vermes. "Você vai comer queijo de cabra ANTES do almoço?" Exatamente, observe.

No Brasil... Todo santo dia tinhamos, na hora do almoço, arroz, feijao, purê, macarrao e carne. Soh como feijao aqui quando eu faço (ou seja, nunca). E parece pecado comer macarrao com outra coisa. Pensei uma vez em fazer feijao e macarrao e escutei de outra roommate: "isso tudo?! Mas vai ficar muito pesado!" - frases que me fazem pensar que os franceses nao passaram pelo mesmo processo de evolucao do resto do pessoal do mundo no que diz respeito ao seu sistema digestivo. Porque eu acho que eu soh nao digiro cimento.

Chuchuzinho da mamae
Mas tivemos outras pequenas aventuras culinarias. Aprendi a fazer um cake de azeitona que é tao simples quanto gostoso! Fizemos também uma pequena bomba de gordura e calorias que, por aqui, se chama fondue. E ganhamos da mae de Camilo um "cuiseur vapeur" (a maquina pra cozer os alimentos). Olha, você sente as mudanças na sua vida através da sua satisfaçao em relaçao aos presentes que ganha. Quando eu era criança, eu gostava de ganhar brinquedos. Na adolescência, eu curtia ganhar CDS. Agora fiquei super feliz de ganhar... um eletrodoméstico. Eh o fim. 

13 comentários:

Mariana disse...

Eu também boio no protocolo alimentar francês Luci!!! Ja me acostumei com os pratos serem servidos seempre individualmente mas comer queijo depois do jantar pra mim continua sendo mais do que esquisito... pra mim queijo é aperitivo, hehe...
Quanto ao cuit-vapeur, é uma maravilha, a gente usa direto aqui, até para descongelar! ah, e compartilha a receita do cake de azeitona ae pô!! aaamoooo azeitona!! babei!!!
bjus!!!

Ashen Lady disse...

Imagina se eles vissem aquele povo que vai no restaurante por quilo e mistura sushi com lasagna e feijão?
Eu falo que a gente vira gente grande quando vai ao mercado porque o sabão em pó está em promoção.
Faço coro com a Mariana, compartilha aí a receita do cake de azeitona com as amigue.
Bjs.

disse...

Aqui em casa ja' afrancesamos, queijo so' depois do jantar! Mas no Brasil a gente volta ao normal, come queijo no café da manha, de aperitivo, salada no mesmo prato do arroz e feijao.

Ah... eu adoro o cuit-vapeur! Eu sou uma negação na cozinha, so' faço papinha de bebê e ainda consigo errar, mas o cuit-vapeur mudou minha vida. Nunca mais deixei queimar nada.

Tb quero a receita do cake!

Caso me esqueçam disse...

eh pra jah!

Cake aux Olives

- Um potinho de iogurte natural;
- 03 ovos;
- Três medidas do pote de iogurte de farinha de trigo;
- 1/2 pote (do iogurte) de oleo de azeitona;
- 100g de queijo ralado (frappé);
- 01 pacotinho de fermento (20g?);
- Coentro e salsa (eca, coentro);
- Azeitonas à gosto;

Coloca-se o iogurte, os ovos e a farinha numa tigela e mistura-se tudo. Adiciona-se o oleo lentamente à mistura e, uma vez homogênea, adiciona-se o fermento e as ervas à massa. Mexer bem e adicionar as azeitonas picadas.

Colocar tudo numa forma untada durante 35min, em média, num forno à 180°.

Et voila!

Borboletas nos Olhos disse...

Eu queria fazer algum comentário inteligente, mas estou aqui controlando a mijadeira de tanto riso. primeiro a descrição do show. Inesquecível! Depois a descrição do almoço de cada dia (mas faltou a farofa...)...Amei. Bjs e bjs

Ana Pe disse...

Adoro as coisas q vc escreve!
Eu amo comer purê de batatas com carne moída e de acompanhamento, cortado em rodelas... BANANA!!!!
Isso seria considerado como um caso culinário perdido, aí na sua Terra?!

Palavras Vagabundas disse...

Luci, jeitinho esquisito de comer, não? Quer dizer que baião-de-dois nem pensar?
bjs
Jussara

Michele disse...

Toda vez que venho ler o blog tem sempre uma historinha parecida com o que vivo. Essa " maquina" que vc ganhou era meu sonho de consumo por mesessssssss, ate que comprei e adivinha? Ta encostada ali no armario, descobri uns legumes congelados que me fizeram mudar de ideia em relaçao a maquina!!! Espero que a use e venha nos contar as experiencias kkkk

Sardenta disse...

hahahahaha
esse show foi quase uma apresentação do é o tchan! hehe
e vc tá me saindo uma boa cozinheira, hein? a minha sogra me deu até um livro de receitas, que está guardado em algum lugar. hehe
se vc consegue cozinhar, eu tbm consigo!

Laurinha (Mulher modernex) disse...

rsrsrs... Adoro esses choques culturais! Morro de vontade de conhecer ou morar na França, mas não sei se sobreviveria ou se morreria de fome com um jantar tão longo e cheio de protocolos e sem comer pão com queijo no café da manhã...

Abçs

Nira disse...

Pelamordedeus, promete pra mim que você não vai tentar comer cimento! rsrs

Glória Maria Vieira disse...

CHEFAA! Tava sem poder entrar no meu blog, mas é ÓBVIO que já tinha lido esse poste. Mas vamos ao coments que interessa, né?!

Olha só... ganhando eltro, né?! Bomba mesmo essa minha patroa!;)
Eu ganhei uma caneca do dia das crianças! \o/ ASUHUHSUHSUHUSHAH

"É nois que tá, Pexada!" Até nisso estamos pareiadas! AUSHUSHUAHSHUSHUAHSH

Mariana disse...

Valeu pela receita Luci!!! so para confirmar: oleo de azeitona e azeite de oliva são a mesma coisa, não???
bjuus!!!

Talvez

Related Posts with Thumbnails