sábado, 21 de abril de 2012

Tem o Giba uma giba?

Você conhece este homem?


OHMEODEOSDOCEONAOEHPOSSIVEO!

Sim, post novo no caso.me.esqueçam. Antes que Cissa Guimaraes aparecesse aqui em casa com o quadro "Por onde anda...", resolvi mostrar que estou viva e explicar (parte) do meu sumiço.

Em fevereiro, por motivos que nao me covem explicar, fiquei mal da cabeça e doente do coraçao. Tadinha. Diante do meu infeliz estado, meu bob pai e minha mamae quirida me pagaram uma passagem pro Brasil: dois anos longe de casa. 

Quem acompanha minimamente esse blog, sabe que fiz, durante meses, uma dieta pra perder os singelos 13kg que ganhei no ultimo ano. O ganho rapido de peso garantiu estrias pelo meu corpo inteiro. Mas nao eram estrias normais. Estas devem ser estrias mutantes. Nem gravidas de mamutes trigêmeos conseguiriam exemplares como os meus. Minha melhor amiga, quando viu minhas pernas, disse que achou que eu tivesse levado uma surra. Quem dera fosse. Pra vocês verem que eu nao estou exagerando, uma foto de um lado da minha barriga:

Convencidos de que o caso é sério?

Minha mae, diante do quadro, insistiu pra que eu fosse numa dermatologista pra um milagre tratamento e eu aceitei. Chegando la, a médica me olha e, em três segundos e meio, me diz: "você tem Sindrome de Cushing". Oi, pai de quem? Cushing. 

Entao, ela abre um livro que, pelo tamanho, deveria ter meu peso. Ela começa a folhea-lo e eu, curiosinha, arregalo os olhos pra ver as imagens dele. Metade das figuras eram de vaginas brancas, cheias de bolinhas esquisitas e pênis vermelhos com rachaduras. "Minha nossa, minha doença ta aih dentro?". Finalmente, ela para numa pagina onde tinha uma foto de uma pessoa gorda. Eu fico aliviada. "Ah, novidade, ela vai dizer que eu estou gorda". Nao. Entao, ela começa a ler sobre a Sindrome. Wikipedia ajuda.

A Sindrome de Cushing é provocada por altos niveis de cortisol no sangue. O cortisol pode ter origem externa ou interna: ou eu fiz tratamento prolongado com essa substância (99% dos casos, segundo meu médico) ou é minha hipofise que a esta produzindo ou ainda as glandulas supra-renais. Nesses ultimos dois casos, de qualquer forma, trata-se de um tumor. Pois é, viva eu que fui ao Brasil pra descansar e voltei com um tumor na mala. Detalhe, Sindrome de Cushing nao é uma doença comum (dois ou três casos por um milhao de habitantes). Meu médico soh a viu uma vez na vida. Viva eu de novo. 

Mas isso explica um monte de coisa. Nesses ultimos meses, meu corpo mudou muito e eu passei a desenvolver umas mazelas que, pra mim, eram resposta a dieta que eu tava fazendo. Sintomas? 

- Obesidade crônica, sobretudo na parte superior do corpo;
- Rosto gordo (dito "lua cheia") e vermelho;
- Surgimento de estrias violaceas;
- Pele fragil;
- Insônia;
- Afinamento e queda do cabelo;
- Perda de massa muscular;
- Equimose (hematomas);
- Labilidade emocional;
- Acne;
- Ganho de apetite;
- Cansaço nervoso;
- Problemas no ciclo menstrual;
- Aumento de pelos;
- Problemas psicologicos (depressao, ansiedade, irritabilidade, dificuldade de atençao e memoria);
- Reduçao da libido;
- Aumento do volume urinario;

E ainda: geralmente, a Sindrome traz osteoporose, diabetes, hipertensao e/ou dificuldade na coagulaçao do sangue. Essa porra deve dar até piolho. 

As consequências de um diagnostico tardio: 

- Embolia pulmonar, trombose, diminuiçao da massa ossea (provocando fraturas), obesidade, 4-5 vezes mais chance de morrer em relaçao a alguém saudavel. Ou seja, muito amor.

Olha, com exceçao da acne e dos problemas menstruais, eu tinha, tenho, todo o resto. Eu vou no banheiro pelo menos duas vezes durante a madrugada pra fazer xixi; eu tenho roxos pelo corpo todo e nenhuma lembrança de ter me machucado; os cabelos caem aos quilos; a vermelhidao no rosto é tao aparente que uma vez cheguei em casa e perguntaram se eu voltei correndo do trabalho; nervosismo e tristeza nao precisam nem ser comentados (vide primeiro paragrafo); perda da libido?; fiz o buço pela primeira vez na vida quando o estado dos meus bigodes nunca tinha me incomodado antes - odjio; o cansaço começou a ser grande, mas eu achava que era a dieta e os guris que sugavam minha energia.

O endocrinologista que eu consultei disse que iria fazer um teste simples pra saber se eu tinha Cushing: ele segurou minhas maos, pediu pra que eu agachasse e, em seguida, tentasse me levantar. Eu soh consegui a façanha por ter me apoiado nele e jogado os quadris para tras: com a perda da massa muscular, a Sindrome te tira a força das pernas. Eu soh faltava morrer tentando subir uma escada. Tudo se explica.

Quando fiz a dieta, eu perdi 15kg, ou seja, fiquei mais magra do que estava antes de começar a ganhar peso. Mas o rosto continuou gordo e a pança nao diminuiu tanto quanto era de se esperar. Queria muito ter feito um post "antes e depois", mas com a cara gorda que eu me encontro, vocês nunca iriam notar a diferença. Eu cheguei a ir no médico aqui na França pra tentar resolver isso e ela disse que era normal, que eu iria emagrecer depois. Sei. 

A mae dos moleques é médica e me revelou essa semana que sempre desconfiou que eu estava com Cushing, mas achou indelicado dar essa sugestao na época. Indelicado é deixar a babah morrer, minha gente. Ainda assim, no ano passado, ela chegou a me aconselhar a ida a um endocrinologista caso eu fizesse uma dieta e nao perdesse peso. Acontece que eu perdi, entao logo descartei a possibilidade de estar doente. Ela perguntou por que eu ou Camilo nunca desconfiamos que eu poderia estar doente, mas como eu ja disse, as consequências de uma dieta de proteina pareciam ser uma explicaçao razoavel pra tudo o que estava acontecendo. 

Ha também acumulo de gordura na parte de tras do pescoço que os médicos chama de "giba". Gente, eu tenho uma giba que, infelizmente, nao é essa: 


(ou felizmente...)


Unxi, como é lindo!

Seja como for, diante da possibilidade de estar com diabetes, tive que suspender o chocolate e o alcool (si, pero no mucho) com muita dor no coraçao. Depois de "curtir" alguns dias a ideia de ter diabetes, fiz um exame simples que revelou que eu nao tinha porra nenhuma! - pude aproveitar ao menos a festa de despedida. 

Antes de deixar o Brasil, fiz um outro exame que revelaria onde estah meu bebê tumor (espero que seja um bebê). Havia de 80% a 90% de chance de ser na hipofise. Hipofise, pra quem nao sabe, é uma glandula que fica na cabeça e tem o tamanho de uma ervilha. Ela é responsavel pela produçao de um monte de hormônio importante como o da produçao do leite e o do crescimento. O médico explicou que ele iria "raspar" a parte da hipofise que produz o cortisol.

O que poderia acontecer seria que o cirurgiao poderia raspar além do necessario afetando a produçao dos outros hormônios (e eu teria que repo-los também pelo resto da vida) ou, pior, nao raspar o suficiente me obrigando a fazer uma segunda cirurgia - acho valido lembrar que a cirurgia nao custa dois reau. Num terceiro fracasso, "a gente 'explodiria' sua hipofise numa radioterapia". Uma pena, porque eu nasci com essa hipofise e pretendia morrer com ela. Mas nao por causa dela, entao... Entao, tinha esses 10%, 20% de chance que o tumor estivesse na glâdulas adrenais.

Hoje liguei pra minha mae pra saber o resultado do exame que fiz antes de deixar o Brasil que indicaria a localizaçao do bebê e, guess what!, na sena eu nao ganho, mas meu tumor estah na supra-renal.

djing djing djing!

Essa historia toda me deu um mal humor danado (sobretudo a parte da diabetes). Mas interessante mesmo, foi receber um email de uma professora da faculdade, no mesmo dia em que descobri que tinha Cushing, dizendo que eu estava perdendo aula e... Bom, se eu estava perdendo aula todo esse tempo, significava que eu estava reprovada por falta e que, por isso, nao poderia fazer o mestrado esse ano (e somente em setembro de 2013!). Foi aih que eu, pela milésima vez, surtei. Sinceramente, espero que o mundo acabe mesmo em 2012. Nao esta sendo facil.

Pedi pra Camilo averiguar essa historia com a secretaria e ela garantiu a ele que eu havia finalizado a graduaçao, apesar das disciplinas que cursei semestre passado terem continuidade este semestre. Como eu ja fui ludibriada por esta mulher anteriormente, irei na faculdade exigir uma declaraçao por es-cri-to que indique que eu estou, na mais absoluta certeza, formada. Motivo: minha cirurgia vai ser feita no Brasil e eu nao quero nenhum impedimento ou coisa pendente na França. 

Borboleta, tou chegando. Betty, vou ter que declinar do seu convite pro casamento - ja havia comprado as passagens e tudo mais, mas. Mas havera pic nic de blogs em Paris no mês de maio e mocinhas e mocinhos das redondezas podem se preparar porque quem me lê agora ta convidado. Pode levar marido, Luci? Podji! Pode levar filho, cachorro e periquito? Podji. Pode levar a giba, Luci? Também!


62 comentários:

Caminhante disse...

Nossa, que novela, que horror. Não tenho o que dizer a não ser que desejo que acabe logo pra você poder seguir a tua vida. :*

Nós disse...

Luci, SOMENTE VC pra conseguir ser engracada numa hora dessa.
TE DESEJO MUITA SAUDE!
abs
Marcia

Renata Lins disse...

Caramba, Luciana, que doideira essa história toda! E inda bem que vc fez exame aqui...
Boa sorte, flor, se cuide muito! Beijos!

Tina Lopes disse...

Fiquei preocupada com vc, tenho mil coisas a comentar mas por enquanto só consigo pensar mas que sonsa essa sua patroa, como assim ficou com vergonha de comentar? É muita falta de noção, Brazyl. França. Whatever.

Letícia Miele disse...

Nossa! Acompanho seu blog há tempossss (li todos os posts) mas nunca tinha comentado... Que zica eh essa menina? Sugiro que você se benza, Pq não eh de deus não! Brincadeiras a parte, boa sorte na sua cirurgia, no seu tratamento, e que você se recupere logo pra produzir milhões de novos posts que alegram tanto o dia de quem te lê... Beijossss

Rita disse...

Eu vou te mandar e-mail. Beijão grandão no coração.

Mariana disse...

Meooodeooosss Luci!!! Esquece essa cirurgia, entra numa Innngreja e pede pro pastor tirar o demônio do teu corpo muié!
Mas que merda de maldição é essa que tomou conta do teu destino??? Não é possivel!!!!Eu que sou atéia tô aqui te aconselhando: vai te benzêêê Luci!

Bom, tendo dito isso (porque sério, tô aqui PASMA com as noticias), vou ficar torcendo pra dar tudo certo na cirurgia, para que o cirurgião tire apenas o necessario: a giba. O resto é teu e ninguém te tira! Até porque tu és genial com ou sem cara redonda. Alias, com ou sem giba, viu?

Espero te ver feliz, saltitante e renovada em maio! Porque né, ninguém merece mais que tu!

bjus!!!

Juliana disse...

ô, querida, torcendo muito, muito por você!

Quando vai ser a cirurgia, luci?

Uma, Nenhuma, Cem Mil disse...

Luci, a impagável.
Apesar do humor do post os acontecimentos últimos arregalaram meus olhos sonolentos. Está perdoada pelos milhões de leitores que te acompanham por ter nos deixado na abstinência. Vai embora Giba, vai.

p.s.: Vai ao show de Paul Mccartney aqui em Recife amanhã?

Coragem, Dona Luci!

Eliana disse...

Oh Luci, caramba, meu! Que coisa aparecer este negócio em vc. Sabe que lendo isto, me gelou a boca do estômago, porque eu desenvolvi a osteoporose, ciclo menstrual irregular, areas do rosto que às vezes ficam vermelhas. Porém, muitos dos outros sintomas eu não tenho, não tenho as tais marcas, nem roxos, nem ganhei peso. Bom, em setembro do ano passado eles me reviraram do avesso e depois que comecei o tratamento, as coisas voltaram ao normal. A única coisa que encontraram foram o colesterol alto e a vitamina D incrivelmente baixa.
Desejo que vc se cuide bem e fique calma. É assustador a gente se deparar com coisas assim, mas vai dar tudo certo com seu tratamento e cirurgia. É uma questão de tempo. Agora a sua "patroa" podia ter te dado um toque, né? Coisa mais esquisita isso. Fique bem. Bjs

Aline Mariane disse...

e afinal, você vem pra eu poder enfim te dar um abraço?!
ensina a gente aí como faz pra guardar o bom humor mesmo em se tratando de doença...
Bjss!

Maria Clara disse...

Luci, querida, nem te conheço, mas queria poder te dar um abraço, não deve ter sido nada fácil! Estarei torcendo pra que dê tudo certo o quanto antes!



obs: queria ficar triste e conseguir escrever posts leves como você

Links disse...

Nossa Luci, que historia! E a sua patroa que podia te deixar morrer para "não se indelicada", affff! Vive la delicatesse française!

E agora, como ficam as coisas? A cirurgia? Você volta quando pra França? Minha irmã ta vindo do brasil passar um mês aqui, ai to querendo ir pra Lyon e Paris com ela... de repente a gent se encontra?

Beijo e melhoras!
Alinka

Débs disse...

Eu leio seu blog, e também resolvi emagrecer uns quilinhos (que ganhei depois que cheguei aqui na frança ¬¬'), eu ia até perguntar se a tal dieta dukan emagrece mesmo, mais depois de tudo isso, vou continuar com meus exercicios mesmo.

Flávia disse...

Luci,

Gosto muito do seu blog e senti falta dos seus textos divertidos =)

Entrava sempre para ver uma possível atualização...

Espero que dê tudo certo, principalmente em relação a sua saúde, mas também no que concerne às questões burocráticas universitária francesas...

O surpreendente, pelo menos para mim, foi você ter passado por médicos por aí e ninguém ter levantado alguma suspeita... Mas, obviamente, isso ñ é exclusividade do sistema de saúde francês, aqui no Brasil isso ocorre muito, já li sobre casos nos EUA etc... sei que médico não é um deus onisciente (embora muitos se considerem assim), mas acho que falta um grau maior de desconfiança em relação a certas coisas que eles dizem: Ah, é normal...

Enfim... tem horas que parece que medicina e fé não se desvencilharam...

[]'s

Amanda disse...

Jent, todo mundo escolheu o email, é? :*

Helena disse...

Luci, Luci! Gente, ma que que é eso? Não sei se fico triste ou feliz. Triste com a doença, feliz por ser na supra-renal, triste com essa gente da tua faculdade, feliz que tu veio pro Brasil e finalmente descobriu a doença e em breve vai se livrar dela e do monte de sintomas chatos. Muitas coisas, muitas coisas...

Esse negocio de glândulas, vou te contar, hein! Eu descobri que tenho hipotireodismo clinico (tipo, é quase um hipotireodismo, eu tenho sintomas, mas o nivel do hormonio ainda não extrapolou). Ja estou tomando a reposição hormonal que é pro resto da vida, snif, snif. Mas bom, parece que 10% das pessoas, sobretudo mulheres, têm isso... e às vezes nem sabe.

Vou ficar aqui torcendo para o sucesso da cirurgia. E tu ja sabe, né? Se precisar de algo que eu puder ajudar, tamos aiii!

Beijo na bunda e até segunda

Fatima Valeria disse...

Querida, espero que tudo isso se dissipe como uma nuvem de fumaça...
Sempre acreditei que as doenças (inclusive as minhas)tem relação com o nosso estado emocional...
Sei que irá melhorar aqui no Brasil e nos deixe acompanhá-la, escrevendo sempre. Sei que tudo pode ser transformado com suas palavras sempre criativas...
Abraços

Baka disse...

nossa senhora, que vida a sua! impressionante! mas por mais que as coisas sejam dificeis, pelo menos ao escrever, vc não perde o humor, espero que na vida seja assim tb! adoro demais seus posts. fico super feliz quando entro no blog e vejo que vc escreveu algo novo! torço para que ocorra tudo bem com sua cirurgia e que vc se recupere bem rapidim!

Wilqui Dias disse...

Acho esse foi seu primeiro post lido por mim em que nao consegui ri, embora tenha sim muitas cosas engraçadas, vc sabe esconder a dor dentro de um sorriso, mas quando vai pra doenca, amiga eu viro aquela serie... MEU MUNDO CAIU, fico malzona, isso se for comigo e claro com amigos, Ô LU minha linda LU, olha eu desejo de verdade toda forca, e fé ai pra vc, na resolucao dessas doencitas ai.
forca que tudo vai ficar bem, estou na torcida viu?
Um grande abraco.

disse...

Ai Luci, nem consegui dormir depois que li teu post, de tão preocupada. Desculpaê os crentes que me lêem, mas nessas horas eu tenho a certeza que Deus não existe, pq se existisse não te daria uma doença pentelha dessas LOGO pra vc! Não seria justo. Mas... a sorte é que vc foi diagnosticada, e que tem cura e que a cura nem é assim tão complicada. Uma cirurgia e voilà. C'est fini.

E olha, aplaudo o seu bom-humor mesmo nesse momento complicado, porque qualquer outro ja' teria desabado.

Copine, força na peruca que tudo vai dar certo! Em maio a gente se vê por aqui! E olha, precisando de um sofa', ja' sabe, né?

Beijocas,

Luana disse...

Ow mulher, vai dar tudo certo!!!!

Estou torcendo por voce.

Palavras Vagabundas disse...

Luci,
achei que seu sumiço tinha sido por estar estudando muito! Espero que tudo corra bem, tenho certeza que vai correr!
Não nos deixe sem notícia.
Beijos de montão
Jussara

Renata de Oliveira disse...

Nossa...
Li com um aperto no coração, porque, como disseram antes, que zica, hein?
Mas estamos todos mandando good vibes, e vai ficar tudo bem!
Só a sua leveza para escrever um post que ficou até engraçado, como sempre, contando das adversidades, demonstra que você vai dar uma voadora no peito desse tumor-bebê e mandá-lo para as cucuias e ficar bem de novo!
Beijãoooo!

acs disse...

Adoro ler o que vc escreve. Desejo tudo de bom pra vc nesse momento que fique boa logo. Deus te abençoe

Uma, Nenhuma, Cem Mil disse...

Dona Luci, já postei um comentário por esses dias, mas, essa história de sua doença vez ou outra vem à cabeça.
Escrever para um blog é se expor. Particulamente, quando a escrita é como a sua, sempre anunciando - piadisticamente(e incomparavelmente) - vivências suas, com nuances de dor e de amor. Afinal, por que mais terias um séquito tão fiel de leitores? Nada mais nada menos que por ter a coragem de se mostrar (independente dos exageros reclamados por seu camilo) de maneira tão verdadeira. O que traz empatia, aproximação, familiaridade, respeito e, como não, carinho por ti.
Faço fila nos desejos de boa recuperação e força!
p.s.: como moro em recife e farás tua cirurgia por aqui por perto, coloco-me à disposição para qualquer coisa, de verdade. Grande beijo, Germana

(La)ize disse...

Força Luci!
Cê vai ficar bem (yn)

=D

Anônimo disse...

Querida, li ontem esse post e fiquei pensando nisso o dia inteiro... só você mesmo para conseguir fazer as pessoas rirem com um assunto tão sério. Graças aos céus que você caiu nas mãos de um bom médico no Brasil (essas doenças raras geralmente não são diagnosticadas de primeira), e que Cushing é uma doença que tem tratamento... e que você vai emagrecer depois! Bônus!

Estou torcendo muito por você, flor. Dedos cruzadíssimos,

Nicole.

corujinha disse...

Bon chance!! Courage!!!
Tbm estou na torcida. Se precisar de algo no Brasil estamos aqui!! Estou em Pernambuco tbm se precisar de algo.

Anônimo disse...

Luci,

Tudo de bom para voce!!
Vai dar tudo certo e voce vai sair dessa tinindo!

Muito beijos,

Juliana

Ana disse...

Acompanho sempre o blog e tava na espera de um novo post, mas dessa vez, apesar de você tentar dar leveza ao texto, vc falhou, Luci... Não deu pra rir disso não...

Mas vai dar tudo certo, estou na torcida por aqui tb!

Mundo da Lu Roque disse...

Poxa vida, adoro seu blog, estava sentindo muita falta dos seus posts. Estarei em oração por você, não a conheço, porém de tanto ler esse blog esse detalhe escapa, é como se já a conhecesse de velhos tempos e por isso que c/ fé em Deus vai dar tudo certo e logo quero boas notícias por aqui viu. Fique c/ Deus!

Mel disse...

Olá Luci.. Descobri seu blog por acaso uns meses atrás e não parei de ler mais!=]
É a primeira vez que deixo um comentário. Adoro como escreve e já estava com saudades hehe
Quase todo dia vinha ver se tinham posts novos..
Desejo que dê tudo certo, tanto na faculdade quanto no tratamento.
E que vc continue sorrindo como sempre demonstrou fazer.
Beeijos

Fernanda Dabus disse...

Querida, há pouco tempo acompanho seu blog. Me sinto seu amiga íntima e senti saudade durante a sua ausência. Trabalho com uma pessoa de Campina Grande e ja até perguntei se ela te conhecia. Mesmo sabendo do pensamento, hoje, depois que li seu post comecei a rezar por você. Para que tudo se resolva de maneira simples e rápida. Fé beu bem e tudo será páginas da sua biografia. Um beijo bem confortante pra vc.

Rosa Lopes disse...

Sabe que?
Vc diagnosticou, vai estar com a família (mesmo que Camilo não esteja todo o tempo), com a turma de lá que te quer muito, vai estar quentinha, abraçada real e virtualmente e me parece que com um bom médico...
Vc está uma mocinha minha linda, é essa a atitude que deve ter com a prof sem dúvida e com a patroa...espero que ela tenha ouvido a parte da baba morta e tenha recapitulado o compromisso do médico com a saúde do outro.
Fiquei muito impressionada com a noticia, mas o fato é que as coisa já estão encaminhadas e vc estará bem.
Força pra vc e pra Camilo.
Mande os boletins médicos pra nós.
Muito pensamento positivo, beijos de todos daqui de casa que te acompanham narrados por mim.
bjinhos mil

Sarah! disse...

É a primeira vez que eu não acho nenhuma graça por aqui.. =/
Não faço a mínima ideia do que dizer.

Força, sorte, milagre, não sei..
Só torço pra que dê tudo certo, o mais certo possível!

Ana Claudia disse...

Lucy.... Bom, eu sou uma leitora bem quietinha, que nunca se manifesta, mas todos os dias bate o ponto por aqui. Estava sentindo falta dos seus posts e me perguntando se estava tudo bem com vc, visto esse tempo sumida. Caracoles! Que virada na vida! Engraçado vc ter falado do quanto essa doença é rara em humanos... Eu sou veterinária (observe, não quero te comparar aos nossos amiguinhos de quatro patas), e isso é relativamente comum em cães. E agora que eu lembrei que uma vez assisti a um programa americano, chamado Enigmas da Medicina, que uma moça também tinha Cushing, mas precisou passar por zilhões de médicos e exames para finalmente alguém dar um diagnóstico. Então, sinta-se abençoada por ter sido diagnosticada logo. Vou estar aqui torcendo e mandando pensamentos positivos para que tudo dê certo!
Grande abraço e parabéns por manter seu bom humor mesmo diante de todas as adversidades!

Anônimo disse...

Olá Luci.
Leio o teu blog há tanto tempo que quase sinto que te conheço, mas nunca comentei. Estupidez, não é?
As tuas palavras sempre me inspiraram e ajudaram-me em diversos momentos. Venho aqui espreitar e encher-me de vida. É um género de amizade unilateral ! Por tudo isso, desejo-te a maior sorte na cirurgia. Tudo correrá bem.

Um abraço apertado,
Beatriz

Anônimo disse...

OI luciana espero que voce consia sair muito bem de tudo isso e que todos esses sintomas remitam, que voce volte a ser a menina alegre de sempre. Um beijo Antonia

Ju Garcês disse...

Luci!
Sou mais uma leitora assídua e que também não é a maior das comentarista, mas, dadas as circunstâncias...
Achei seu blog linkado no blog da Lola e, desde então, o 'caso me esqueçam' virou 'caso não me conheçam' e quanto mais se conhece, mais se adora.
Só queria transmitir as mais positivas vibrações pra ti e tua família, vai dar tuuuuudo certo na cirurgia e você vai voltar linda falando sobre sua cabeça mumificada logo logo!
Bon courage!!!

Ju

Deise Luz disse...

E eu pensando que o sumiço (daqui e do twitter) fosse apenas pra dar um tempo de internet mesmo.

Luci, que a cirurgia ocorra da melhor forma e que você se recupere muito bem e logo.

Beijos

S. W disse...

Luci que saudades de te ler! Que barra menina! Espero do fundo do meu coração que fique tudo bem e muita saúde pra você.
beijos

Anônimo disse...

Boa sorte e forças! Espero realmente que vc fique logo logo boa!
De uma leitora que nuncaaaa comenta, mas te adora!
DP

Anônimo disse...

Força Luci!

f.

eliecy disse...

Sempre leio seu blog. Acho intelingente e engraçado ao mesmo tempo. Você deveria escrever para um jornal. Agora... depois de mandar essa doença para o quintas!!!

Saúde e melhoras logo!!

Glória Maria Vieira disse...

Eu sei que eu não deveria dizer o que direi a seguir, mas, Chefa, eu preciso relatar minhas sensações diante desse poste:

Que sentimento de impotência da peste é esse que sinto agora? Queria, mesmo, fazer alguma coisa por você de mais eficaz. Não é de hoje. Você sabe, meu amor! :(
Coraçãozinho na mão... Mas, olha!, nem cushing, nem cuxá, nem porra nenhuma vão lhe derrubar, certo? Combinado assim? Eu sei que, pela postagem, você está firme e forte. Confiante. Seguindo... Porque além de ser preciso é o melhor a ser feito. É "só" uma síndrome que acomete pessoas especiais, com um potencial fora do comum pra mandar tudo o que não presta para a merda. Pronto. É isso. E você é DESSAS! Às vezes, não nos encontramos por cima da carne seca e por esses momentos que estou fazendo esse trato contigo de tentar se manter ao máximo bem, porque tem uma porrada de gente desejando o melhor pra você de todas as partes do mundo...

No mais, é só de um abraço seu mesmo que preciso. Juro! :'(

Alice Campos disse...

Eu sei que soa estranho dizer isso, levando em consideração o conteúdo do post, mas é uma delícia ler o que vc escreve. Uma diversão. Fora isso, toda sorte do mundo pra vc! E eu quero ir ao pic nic?! Quando vai ser?

Anônimo disse...

Luci, Boa sorte na cirurgia e com bom humor a gente consegue tudo. Esse post seria cômico, se não fosse trágico. Um abraço, Lia

Iara disse...

Luci,

Eu ando super devagar pra ler e comentar blogs. Mas eu queria te dizer que olha, eu tô muito na torcida aqui. Pra tudo dar certo, pra você ficar boa logo, enfim, pra tudo voltar a ter a leveza que você merece, tá?
Um abraço apertado, viu?

Anônimo disse...

Menina, que má fase!
Não te conheço pessoalmente, mas sempre acompanho seu blog. Seu bom-humor é estimulante pra mim. Quando tô triste, acesso para sorrir um pouco :D
Fica de boa que tudo dará certo na sua cirurgia. Ter o diagnóstico já é um passo À frente. Estou aqui na rede de pensamentos positivos!

Um abração!

Raquel disse...

Minha linda... Te leio sempre e adoro seu senso de humor mesmo qd tudo parece naum caminhar tão bem. Boa sorte a cirurgia e q sua recuperação seja rápida e sem complicações. Saúde aos quilos pra vc.
Beijos

vamosconcordar disse...

Força Luci pra encarar essa fase , não perca o bom humour, e logo estara aqui nos escrevendo contando coisas boas !!

Amanda disse...

Nossa, que lindos comentários aqui, heim, Luci? Todo mundo na torcida. Mas alguém falou aí em milagre, gente a Luci não precisa de milagre nenhum não! É só ela operar e tudo volta pros eixos. É uma doença totalmente curável, daqui a pouco ela estará em plena forma de novo, sem aqueles sintomas chatos que tanto a atrapalhavam. E melhor ainda: no corpinho que tinha antes.

Anônimo disse...

Concordo com a Amanda. Nada de drama, e quando voltar com a saude 100% retorna a faculdade e entra no mestrado tanto esperado. Vai dar tudo certo.

beijos de Londres
Juliana

Lizzie - www.surtandoemfrances.wordpress.com disse...

Poxa vida, acabo de descobrir seu blog, dou muita risada com tudo mas esse post aqui não é nada engraçado. Mas que bom que você consegue deixar tudo mais leve, e com certeza essa disposição vai te ajudar muito na recuperação dessa cirurgia. Te desejo tudo de bom, que tudo dê certo e loguinho você esteja 100% nos fazendo morrer de rir por aqui!

Piscar de Olhos disse...

Tanta gente que gosta de vc ja disse coisas tao tao lindas que vou me restringir a te mandar ainda mais das tais good vibes - diz que o que a-bunda nao prejudica. Tome la, good vibes asiaticas, essas sao supimpa!
Sinta-se abracada, beijada, torcida, louvada. Agora e so fazer o que tem que ser feito e voltar toda serelepe e saudavel.
E diga aa sua patroa que "indelicado" e mandar alguem tomar no meio de sua devida giba. Pinoias.
Beijas!
Roberta - piscar de olhos

Ana Pe disse...

Tô chocada com o que acabei de ler... não sei nem o que escrever, mas tô mandando boas vibrações pra vc, viu?!
Um beijo grande!

Nicole disse...

E aí querida?
No que que deu? Ainda estamos preocupadas sem notícias! ;)

Beijos e beijos,

Nicole.

Line disse...

Luci, que notícia!

Espero que as coisas se resolvam da melhor maneira possível pra vc! Pelo menos, se é que existe alguma coisa boa nisso tudo, é que agora vc sabe que não estava ficando “maluca” sem motivo aparente com todos esses sintomas, vc tinha um motivo; digo, não pra ficar maluca, mas para estar tendo os sintomas!

Eu sei como é barra essa porra de hipófise, porque tenho, tinha, tive, tenho, não sei, um tumor nessa porra também. Só que no meu caso é por causa da prolactina (hormônio do leite). Fiz tratamento medicamentoso durante anos, acho que 6 anos ao todo, e fazia ressonância magnética todo ano pra acompanhar. Perdi muito cabelo, ainda mais peso, péssimo humor, libido lá embaixo, enfim. O problema dos tumores na hipófise é que eles podem ir e voltar, sendo necessárias várias operações, como vc mesma disse. No meu caso o risco é de que não possa ter filhos, ou que fique cega caso o tumor cresça demais.

Há dois anos a minha situação está controlada, mas esse ano passarei por mais uma ressonância de controle.

Força na peruca, e mande notícias!!!

ana disse...

sou outra leitora que nunca comenta. você é sempre muito divertida, mesmo numa hora dessas. melhoras aí :)

que médica boa essa, hein? eu sou cheia de ziquizira e nunca sou diagnosticada com nada, oq nao quer dizer q eu nao tenha nada. tenho um excesso absurdo de pêlos, estrias, obesidade, dores agudas na barriga, e a única coisa q me mandam fazer é emagrecer. cansei de ir a médico a toa e vou morrer quando chegar a minha hora. faço meus exercícios e vou levando a vida.

beijos, boa sorte com tudo.

relvis presley disse...

po lucı. tumor? cırurgıa? sındrome?
pelo menos vc descobrıu esse bagulho antes da embolıa ne.
boa sorte e espero q seja curada e perca a pança, a giba e a cara de lua.

Ander Gil disse...

Ola,
Meu nome é Anderson, e procurando alguma solução para estrias causadas por cushing, li seu desabafo. Minha esposa teve cushing tambem, mas era na ipofese e fez cirurgia e resolveu o problema hormonal. Mas as ESTRIAS ficaram e foram muitas, enormes, ainda não consegui descobrir nada sobre cirurgias ou tratamentos para esse tipo de estrias. Se souber de algumas coisa para resolver esse problema com estrias, por favor manda um email para mim, ja faz 5 anos que ela fez a cirurgia e ainda nao encontrei nada para esse efeito colateral. Abraços e tudo de bom.

anderson-gil@uol.com.br
meu email.

Talvez

Related Posts with Thumbnails