quinta-feira, 23 de maio de 2013

Zoufris Maracas

Dia 21 de maio fez quatro anos que cheguei na França. O tempo passa rapido. Parece que foi ha quatro anos. Um amigo me perguntou, meio de onda, "e aih, ta gostando?". Pensei no frio, na musica, nas pessoas, nos lugares, nos festivais, ponderei e ele teve um sorriso como resposta. 




Por falar em musica francesa, ha algumas semanas fui apresentada à um grupo de Marselha que se chama Zoufris Maracas. Amei de cara e sigo amando loucamente. Primeiro, porque o sotaque do sul da França é um tesao. Depois, porque o vocalista é um tesao. E, terceiro, porque as letras e as melodias sao lindas. 


Esse é o vocalista. Eh, eu sei, eu sei. 
Nao agrada à tod@s, mas eu amo homen com cara de bêbado mais velho. 

Tem duas musicas onde eles fazem referência a nois. Uma se chama Bahia e a outra, Feijaon. Um dia, fiquei de ouvido ligado pra entender a letra de Bahia. O cara conta que tava numa praia na Bahia, quando ele conhece uma menina. "Uma menina a cada estaçao". E dai, ele a leva pra casa, eles se pegam, ele "acarecia os peitos" dela e ela vai tomar um banho de banheira. Ao sair, ele nota que ela, na verdade, é ele. E dai ele diz "nao tem chance!", mas dai "a menina" pega o cara, encosta ele no espelho e, finalmente, eles... bom. "Eu vou poupa-los do fim", eles diz. Entao, ele termina a musica dizendo "mas se isso te convem, que as coisas nao estejam sempre certinhas, nao hesite em te dar prazer". Gente. Vocês ouviram quantas musicas sobre homens que terminam com um travesti? A ultima frase é "Bahia, um cara a cada estaçao"*. 

Na verdade, gosto da maioria das letras. Umas, apesar de falarem de meio-ambiente, nao entram no clichê, de tao bem feitas que sao. Elas falam sobre como trabalho é perda de tempo, sobre liberdade, sobre o prazer das pequenas coisas. Infelizmente, a traduçao faz perder um pouco o brilho do original, entao, aconselho aos amiguinhos que desenrolam francês a procurarem as letras. E, no mais, à todos que tem ouvidos, Zoufris Maracas

Pour moi musique est comme l'amour
Il faudrait faire ça tous les jours
Et puis surtout recommencer

Pour moi musique n'as pas de prix
Musique connecte les esprits
Musique pimente l'existence


* Sim, sei que o Brasil é conhecido pelos seus travestis, mas pela sagacidade das outras letras, deduzo que  trata-se de uma homenagem e nao de uma tiraçao de onda. 

9 comentários:

Cristina Lopes Cassiano disse...

Vou ouvir depois. Quero muito outras referências de música, svp. E gente, esse vocalista é bem meu número.

Luciana Nepomuceno disse...

Esse vocalista é bem meu número (2)

já to gostando da música ;-)

Eliana disse...

Ah...ohhh o vocalista é aquele tipo do não tem tu, vai tu mesmo! hahaha Pois é, os tempos mudam...antes as mulheres eram referência, agora os travestis! rs

Mayara Zucheli disse...

Não conhecia a banda, gostei muito! e o sotaque é especialmente charmoso...

Anônimo disse...

Fico com o vovô Sukita do vôo, dá licença...

Suzana disse...

luci, que bom que vc voltou! acompanho seu blog deeeesde sempre, mas nunca comentei. me identifico muito! fico feliz de poder te ler novamente e de saber que vc deu essa "reviravolta do bem" na vida. sorte e sucesso sempre pra você - aí ou aqui, no brasil.

se der, um dia, conta sobre o mestrado! eu (meio que também) sou da área e fico curiosa com a experiência de um mestrado na frança...

adoro os posts com dicas musicais! costumo incluir as bandas no player rapidinho. ah, e parabéns (?!) pelos cachos!

um beijo,
suzana.

Maite disse...

so EU (e sua coloc inteira) sabe o quanto você curte essa banda!
;)
hehehehehe.

Sabrina disse...

http://letras.mus.br/the-kinks/876872/traducao.html

https://www.youtube.com/watch?v=Ixqbc7X2NQY


(Seu blog é uma coisa linda!)

Anônimo disse...

Luci! obrigada pela dica! amei a banda.

Essa coisa da música sem dúvida foi um dos pontos fracos da minha experiência de morar na França pq não conseguia encontrar música que eu curtisse. Só conheci pouquissimas coisas legais que eu trouxe quando voltei pro Rio. Mas como a jornada não termina, sigo adicionando novas referências e agora vc adicionou mais uma =)

e tb acho um tesão esse sotaque. e tb o jeitinho mais ensolarado do sul.

arrasou.

bisou,

Paola

Talvez

Related Posts with Thumbnails