segunda-feira, 27 de julho de 2009

E é boa

Numa contagem rapida, me vem à cabeça pelo menos uns dez amigos de Camilo que sabem falar português e ainda outros dez que desenrolam o espanhol (sem contar os que falam inglês: quase todos) mas com nenhuma dessas pessoas eu consegui conversar por mais de cinco minutos. A conversa, além de tudo, insiste em girar sempre em torno da minha adaptação na França, como se minha vida fosse resumida a isso.

No entanto, conheci um amigo de Camilo, Simone (um italiano que estava de intercâmbio na Argentina ha pouco tempo) que me fez relembrar que eu sou gente. Eh incrivel como uma simples conversa pode humanizar alguém. Na primeira conversa, falamos sobre masturbação. Na ultima, sobre Astrologia. Recebi meu primeiro xingamento em terras estrangeiras (por alguém que não fosse meu namorado) e, se isso não mostra que eu e o recém-chegado seremos amigos, pelo menos me faz relembrar como é a sensação de ter um.

3 comentários:

portedoree disse...

Ah, como eu queria ser xingada em terra estrangeira! :) Mas o interessante é que o cara tbm é estrangeiro, ele sabe como vc se sente. Os franceses não fazem muito esforço, parece que eles pensam que ja tem amigos suficientes e que eles bastam. Tenho pensado muito nessa coisa de amigos na França, de integração, de fazer esforços... Poxa, é dificil fazer amigos aqui! Nunca tive problemas de integração, mas aqui ta foda. Tudo bem que antes eu fazia mais esforço, mas toda vez que faço unzinho não adianta nada, dai desanimo. To meio de saco cheio desses franceses.

Ana disse...

Oi Luci,
Achei interessante vc discutir com outro cara e cuja pauta foi sobre assuntos tão incomuns.
Dei uma vasculhada no seu blog e não encontrei o motivo de vc ter ido morar na frança. Fiquei curiosa: PQ?
Beijos,

Sardenta disse...

hahahahahaha

é, ele vai ser seu amigo, falaram sobre masturbação! hahahaha

ai ai... só vc, luci!|

Talvez

Related Posts with Thumbnails