quinta-feira, 8 de abril de 2010

A lingua francesa

Camilo sempre gostou de cozinhar, por isso, no começo do namoro era ele quem cozinhava - alias, é ele quem cozinha ainda hoje, hihi. Então, num desses almoços de comecinho de namoro, ele fez um frango com abacaxi que me faz lamber os beiços até hoje. Quando ele terminou seu almoço, ele levantou o prato e o lambeu de cima à baixo. Ao ver aquela cena, fiquei me perguntando estupefata se ele ainda tava com fome. Pensei em oferecer o resto do meu frango, mas me limitei a observa-lo lamber o prato. E lamber e lamber e lamber...

"Meu deus, começa assim, daqui a pouco ele vai ta peidando na minha cara", refleti. "Ah, mas vai ver que era soh porque o frango tava muito gosto", ponderei. E, não, não era soh por isso. Almoço apos almoço, Camilo tentava engolir o prato no final da refeição. Pensei que eu fosse realmente muito fresca, mas um dia, um dos caras que morava com ele passou pela cozinha e perguntou sorrindo "e ai, Camilo, vai comer o prato?" Quando percebi que não era somente eu que me chocava com aquilo, resolvi falar com ele.

Disse que achava esquisito que ele fizesse aquilo, que eu realmente não me sentia à vontade. Ele disse que era besteira, que ele tava na casa dele e que ele jamais faria isso em um restaurante, por exemplo. Fiquei meio chateada, mas ele diminuiu consideravelmente a pratica.

Um ano depois, cheguei na França. E depois de tantos jantares, posso dizer que eu teria perdido as contas se resolvesse enumerar a quantidade de vezes em vi o pessoal lambendo o prato (em casa). Até o pai de uma amiga, mês passado, no final do jantar, perguntou educadamente "posso lamber o prato?" Haha Geralmente o francês tem à mesa uma cestinha de pães fatiados. A finalidade é, além de ter o pão como acompanhamento, limpar o prato no final das refeições. Na falta do pão, para alguns, vai a lingua. Mas no começo do namoro, eu não sabia disso.

Obs 1. Longe de mim dizer que isso é regra aqui
Obs 2. Sim, eu ja lambi pratos na minha vida, mas geralmente eu tava sozinha e era sobremesa!
Obs 3. Hoje Camilo arrota, peida e vomita na minha frente: mudei um pouco minha concepção sobre o que é educado ou não e eu faço o mesmo

::

E aproveitando que estamos falando de modos à mesa e comida...

Aqui é realmente dificil começar uma refeição na presença de alguém sem escutar "bon appétit!". Nessa viagem ao Brasil, me peguei surpresa por as pessoas não dizerem isso. E também se costuma agradecer àquele que preparou a refeição. Adoro o ritual da comida na França! Meus cinco quilos a mais podem falar por mim.

7 comentários:

Glória Maria Vieira disse...

Luci, eu me divirto com seus postes tão cheios de "realidade". É, porque não é todo mundo que fala com essa tranquilidade o que TODO MUNDO faz querendo, ou não. A questão fisiológica não pergunta se pode, ou não. No máximo ela adia. UASHAUHSAUHS
Essa coisa de lamber o prato é meio restrito por aqui.Só vejo alguém lambendo panela de brigadeiro, ou da massa do bolo enqnt pastosa. Posso até ter visto com outras coisas, mas não lembro agora. Como essas são mais frenquentes, né?! AUHSUHSUH
E por falar em cozinhar, eu também não tenho muita habilidade na cozinha não e, confesso, não me esforço pra melhorar.

Ana Flavia disse...

hehehe, eu é que lambo o prato e meu marido morre de desgosto. Até manerei, uso pao para essa finalidade.
Tanto aqui na Austria como na Irlanda temos o costume tb de agradecer quem preparou o almoco assim como dizer "Bon apetit", alias, nem tem versao em german pra isso e eles se apropriam do frances mesmo.
bjim

Mariana disse...

hahahha - não sabia dessa da lambida do prato!!! é a escorregada na banana dos bons modos franceses!!! adorei!!!
Qto à mise en scène ligada à comida, também acho bem admiravel, mas confesso que eu que gosto tanto de cozinhar, fico com medo de chamar os amigos franceses para comer aqui em casa! O medo de fazer uma gafe fala mais alto nessas horas!!!

Amanda disse...

Eita povinho pra gostar de comer! Mas olha, essa é nova pra mim também... Meus franceses não lambem prato, mas limpam tudinho com o pão, não sobra uma gota de molho pra contar a historia.

Eh engraçado também como eles usam o pão de faca. Arrumam a comida no garfo com a ajuda do paozinho.

O ritual em torna da comida eu acho legal, mas tem o lado negativo de que todo mundo ta prestando atençao no que vc ta comendo, quanto vc ta comendo e como vc ta comendo. Na minha familia no Brasil cada um pegava um prato, sentava espalhado em algum canto no quintal e comia sem ninguém encher o saco. E se não quisesse comer, ninguém ia perceber.

luci disse...

gloria: "Só vejo alguém lambendo panela de brigadeiro, ou da massa do bolo enqnt pastosa" tah vendo? exatamente isso que quis dizer! quem nao ja lambeu a panela de brigadeiro nao infancia. mas lamber o prato depois de um feijao com arroz eh foda, neh...

ana flavia: hahaha entao, a gente tem que se adaptar! camilo nao deixou de fazer isso, mas ao menos diminuiu a pratica. questao de respeito com outro (mesmo se agora eu tou pouco me lixando se ele faz isso ou nao...)

mariana: bom, se tu quiser fazer O prato frances, eh bom se garantir, mas se quiser fazer uma comidinha brasileira, tu acha que alguem vai reclaamar, mesmo que tu resolva colocar acucar no feijao, o povo vai achar que eh da receita :D

amanda: êêêê! eles usam o pao de faca hehehe eu adoro! ate porque sao 11 talheres a menos a serem lavados quando o pessoal aqui resolve comer assim ;)

Neide disse...

Essa da lambida realmente é nova para mim. Nunca presenciei tal atitude....

Thayz disse...

Caraca, lamber o prato. o.o
05 kilos, fia? A comida francesa deve ser realmente boa, nhami.

Talvez

Related Posts with Thumbnails