quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Xau

As notas da faculdade sairam. Das cinco disciplinas que fiz, passei somente em três e com notas deprimentes. Como ja tava esperando ter ficado em recuperaçao nas outras duas, o golpe nao foi tao duro. Até que... até que vi um pequeno detalhe na lista das notas: uma sexta disciplina na qual eu nao sabia estar inscrita. Ou seja, eu, que nunca faltei uma aula, que sequer chego atrasada, perdi toda uma disciplina por nao saber que estava matriculada nela. Olha, é preciso ter muito talento pra conseguir isso. Isso foi o que eu precisava pra dar inicio a uma sessao de choro e auto-flagelaçao. Tou completamente desmotivada aqui, mergulhada num sentimento de fracasso nojento. Como posso pensar num mestrado se eu nao consigo nem mesmo fazer uma dissertaçao? 

Bom, as aulas começaram segunda e ja tenho a data de pelo menos três seminarios. Acho que ter ficado em recuperaçao nessas disciplinas me fez ver que meu desespero e todo o sofrimento que passei no semestre passado foram de graça. Agora o mote vai ser o "foda-se". Se chorar me fizesse tirar boas notas, eu seria doutora. Vou levar como eu posso esse semestre e deixar de visualizar o diploma pra ver se me livro dessa pressao. Ainda bem que nao sou chinesa. 

13 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Baby, não tem jeito, eu já estava meio dolorida por você e tal...aí vem a última frase! Ainda bem, querida! Olha, já contei lá no twitter, mas repito: 3 vezes anatomia. A primeira vez não achei a sala na primeira semana (sou tímida, não perguntei)...passei o semestre indo ao cinema na hora da aula. Segunda vez, odiava o laboratório, só ia pras aulas teóricas, ahahah. Tereceira vez, último semestre: ou passa ou não conclui. Foi meio no empurrão. E olhe que era tudo em português...Bjs

Helena disse...

Relativiza, o que são duas disciplinas na tua vida tão cheia de acontecimentos e vitórias? Pensa nas tuas conquistas, pô, tu já tem um diploma, tá em outro país, aprendeu outra língua. Devem ter muitas mesmo, faz um balanço aí, escreve no papel, tu vai ver que já ganhou muitas vezes, nem que tenha sido a corrida de saco no colégio :)

Flávia disse...

Oiê!

Fica tranquila!

Seu caminho para o mestrado é mais complicado que o próprio mestrado... As coisas daqui para frente serão bem mais tranquilas.

Um dos meus filmes favoritos (Forrest Gump) me lembra sempre de uma coisa: Shit happens! (http://www.youtube.com/watch?v=h4bezmE5EBY)

Relaxa, tudo vai dar certo!

Myria Cabanach disse...

Ola Ola, não sei se te conforta mas todo estrangeiro não francofono que conheço teve dificuldades pra ter um diploma francês. Inclusive eu, ja fiquei trilhões de vezes em recuperação mas nunca reprovei. Além do mais, todo mundo sabe que os professores na recuperação são bem camaradas, e que as provas são mais faceis. Não esquenta, você vai conseguir.
Boa sorte!

Drixz disse...

Ai, que chato, Luci! Vc sabe ao menos porque foi mal nas disciplinas? Talvez tenha sido o francês o problema. Tenho uma amiga que faz mestrado na França e ela disse que quando os franceses não entendem nada do assunto que vc está falando, começam a corrigir a sua escrita para baixar sua nota.

Bom, de qq modo, desejo mais sorte no semestre que vem.

Bjs!

Uma, Nenhuma, Cem Mil disse...

Luci, não sei se algo pode te confortar, mas, uma impressão que tod@s @s que acompanham o blog entoam em uníssono é: VOCÊ FEZ MUITO!

beijos esperançosos que seu ânimo revigore logo, Germana

Rosa Lopes disse...

Como eu li as carreiras pensei: reprovou...
Mas é só recuperação?AAAh, então vc não perdeu o semestre tem ainda segunda chamada,
Já vai integrada ao funcionamento acadêmico, já não tem mais tanto medo de falar, já deve ter analisado o que não funcionou nos esquemas de estudo, já chorou. Pronto.
Claro que não foi de graça, experiência, essa ninguém pode te dar.
O semestre vai ser mais fácil pq vc já sabe por onde ir.
BJ

Yuska disse...

esse inicio de ano eu parei e pensei: se a cada reclamação, a cada lamentação, a cada desmotivação eu tivesse um paráfrafo da tese escrito, eu ja teria terminado esse doutorado de m****. E continuei na filosofia: se eu quero me livrar logo disso, o melhor é terminar! Desde então tenho produzido mais (embora continue me lamentando)

Rita disse...

Luci, queridoca, que mais posso dizer além de que estou na torcida fervorosa para que logo você passe dessa fase, que a recuperação seja fácil e que esse semestre seja mais leve. Bom, vou dizer também que às vezes o bicho pega mesmo, a gente desanima, mas não pode deixar de botar fé. Se eu pudesse fazer algo mais prático, faria. :-/

Beijocas e bola pra frente.

Rita

Renata C., UMA ESPOSA EXPATRIADA disse...

A-do-ro comp escreves! Kkkk!
Keep cool!
Foi so um susto! Passou, passou! Vai passar!

Bel Butcher disse...

Nota nunca foi sinal de qualidade de um aluno. lembre-se disso.

Mariana disse...

Respira fundo e bola pra frente Luci!
Esse sentimento de derrota ocasional faz parte da vida de estudante estrangeiro em Paris...infelizmente! Também ja passei por isso, pensei em desistir e tudo... nessa hora eu pensei: se tanta gente consegue, não é possivel que eu não consiga também!
Vai fundo que tu consegue também mulher!!!

S. disse...

eu tb consegui isso, amiga. e fui reprovada em tres das seis disciplinas deste semestre? quer uma vodeka? beijinhos

Talvez

Related Posts with Thumbnails