sexta-feira, 30 de julho de 2010

Hay que faxinar, pero sin perder la coluna jamás!

(Post escrito no 27/07/2010)

A gente vai crescendo e vai descobrindo cada coisa bizarra sobre si mesmo que da até medo. Hoje eu descobri: eu gosto de fazer faxina. E pior, quando a casa tah BEM podre. A casa dos meus pais sempre foi limpa graças à minha mãe, então, nunca me preocupei com esse quesito, ja que era minha mãe que regia tudo e dava as ordens de limpeza aos filhos. So que filhinha saiu da casinha de papai e mamãe e agora é que eu posso realmente avaliar minha capacidade de organização.

A cada dia que passa, fico mais obsessiva com a arrumação do quarto, mas de uma forma saudavel (alguma obsessão é saudavel?): deixo a bagunça rolar solta e depois arrumo tudo. Desde os tempos em que trabalhei de faxineira, vim notando um grande prazer em ver o resultado final da faxina. Detestava trabalhar nas casas em que não havia um traço de poeira: no final da faxina, a casa parecia estar na mesma. Claro que nem sempre foi assim e é justamente por isso que me surpreendo.

Antes, a idéia de fazer faxina me revoltava por eu ver que era um trabalho mais ligado às mulheres. Tem uma comunidade no Orkut que se chama, se não me engano, "eu não sou prendada", ou coisa que o valha. Não procurei, mas duvido que tenha uma comunidade "eu não sou prendado", porque, né, não é mesmo de se esperar que o homem seja dotado de qualidades domésticas.

Hoje fiz uma faxina na cozinha que durou exatamente cinco horas e meia. Você não leu errado. Essa longa duração nem se deve tanto ao fato de eu gostar de fazer faxina. Acredite, não chega a tanto, mas quem viu o estado da cozinha antes da limpeza entende porque eu levei horas pra limpar um espaço tão pequeno. Limpei todos os armarios, separei por tamanho os saquinhos de tempero, rearrumei o espaço das panelas, aspirei todos os cantinhos, limpei as paredes e o teto, lavei os três baldes de lixo (o do composto, o da reciclagem e o normal), limpei a geladeira, limpei o microondas e, finalmente, limpei toda a pia e chão (a parte mais nojenta): cinco horas e meia e quilos de lixo. Ao final, acho que levei o dobro do tempo contemplando a cozinha. Recebi os parabéns do pessoal que mora comigo umas cinquenta vezes.

Pro meu bem-estar, ja separei a idéia de arrumação/faxina à submissão feminina. Penso que essa mania de limpeza, nunca antes suspeitada por mim, vem do fato de eu ter morado numa casinha limpa durante a maior parte da minha vida. E agora, nesse chiqueirinho em que vivo, me vejo muitas vezes angustiada por não conseguir entender como as pessoas não se importam quando o banheiro começa a feder a xixi. Então, fico no dilema: se eu limpo, podem relacionar isso a uma obsessão feminina pelos serviços domésticos. Se eu não limpo, vocês ja sabem. Além disso, não quero que o pessoal relaxe achando que eu sou a faxineira oficial da casa. Mas quando o estado é critico, como o de hoje, me dou ao trabalho de faxinar e, depois, me dou ao direito de curtir o resultado sem nenhum tipo de peso na consciência de ordem ideologica. Mas diminuir a auto-vigilância? Nunca.

14 comentários:

Glória Maria Vieira disse...

Faxina nunca foi meu forte, chefa. Como você bem sabe já! MAS quando eu tô num dia abençoado... Limpo melhor que muita Marinete, viu?! É de tirar o chapéu, a blusa, a calça e a caçola! AUSHAUHSUAHSUAHUSAHHS
Mas eu sou como você. Só limpo quando eu vejo que o babado tá preto e de grude!:/ UASHUAHSUAHUSAHSH
E fique esperta mesmo, patroa, senão a mundiça vai fazer de vc a diarista oficial da casa como você mesma já sabe. AUSHUAHSUAHSH

N.B.: Chefa! Amanhã tô indo embora! Pelo que sei, meu novo lar já tem internet, mas caso não tenha eu vou ficar ausente certamente. =/ :~ snif

Simone disse...

Ai como eu me identifiquei. Eu nunca me preocupei com limpeza, pq minha mãe sempre foi neurotica com isso, e eu sempre vive numa casa cheirosinha, limpinha... até que eu fui morar com o meu namorado e o meu cunhado. Meu namorado nao é lá a pessoa mais limoa/organizada do mundo, mas o meu cunhado, de longe é a mais porca que eu já conheci. Tipo super hiper mega porco. Acho que ele viveria num lixão sem problemas. Porém eu limpava, eu tirava os domingos pra deixar a cozinha e o resto da casa brilhando, eu poderia estar num bar bebendo, estava limpando, e ele conseguia 5min depois deixar tudo emporcalhado, tipo valor nenhum pra minha limpeza, isso foi motivo de discórdia por 7 meses.

Btw, eu sou da comunidade "seita da limpeza" onde discutimos a eficacia dos produtos de limpeza e o seu uso :)

Borboletas nos Olhos disse...

Minha mãe arrumava e limpava tudo. Agora eu arrumo e limpo o que dá. Também eu curto ver tudo limpinho...

::: Luís Venceslau disse...

Segundo a regra (?) quem é bom de faxina, é ruim de cozinha, e vice-versa. Independente de qualquer ligação que a atividade tenha com o gênero, acho q td tem a ver com o prazer em fazer bem algo e depois em ver a tarefa realizada, seja pintar um quadro, escrever um poema ou lavar um banheiro.

Caso me esqueçam disse...

vice-de-mudança: eita, ja?! uuuhh! entao ja sei que teremos muitos posts sobre as aventuras da senhorita nos proximos dias! conte tudo! ;)

simone: ai, pelo menos camilo eh organizadinho. nao chega assim a ser como eu, hehehe, mas nao faz feio nao. ele me entende e procura deixar as coisas como quero (bonzinho!). mas se nao fosse isso... meu irmao tinha um amigo que quando comia uva, jogava as cascas no chao! imagina! esse ai, soh nascendo de novo!

borboleta: a gente sempre ajudou em casa. nos ultimos anos eu me dei ferias, porque quando eramos menores, somente eu ajudava em casa. agora o empregado oficial eh meu irmao mais novo. a coluna da minha mae nao suporta mais esses negocios :/

luluis: faz sentido! mas olha que eu nao sou taaaaaaao ruim na cozinha. tirando o dia em que, pra fazer um molho de macarrao, eu comprei um tomate e duas cebolas (detalhe: o macarrao nao era pra um passarinho, era pro pessoal da casa da praia de monique) hehehe super com noçao a menina, neh... hihihihihihi

disse...

Acho que o Luis tem razao! Também curto limpar a casa, ver tudo limpinho e ODEIO fazer comida.

Ainda bem que tirei a sorte grande de ter um marido "chef de cozinha", senao eu viveria de congelados Picard.

Ashen Lady disse...

Nossa, mais uma do clube da limpeza. Eu e marido descobrimos que gostamos dessas tarefas, ele gosta de lavar a louça e eu de passar roupa.

Caso me esqueçam disse...

deh: camilo nao eh ruim de faxina, mas se vira melhor como cozinheiro. ha menos de 20min estavamos eu e ele na cozinha: ele cortando, picando e temperando tudo e eu lavando, limpando e organizando. hehehe

ashen: taih! eu gosto de passar roupa! apesar de eu achar que essa eh uma tarefa meio inutil. acho que eu nunca passei uma roupa minha, mas gosto de ver as camisas de camilo passadas. por ele, estaria tudo amassado e feio. hihihi no trabalho eu tenho que fazer isso, entao gosto! tudo engomadinho! :D

S. disse...

Querida, como gosto de lê-la. Hoje gargalhei horrores com sua perfomance bodistica e me identifiquei outro tanto com sua mania de limpeza. a minha é assim, deixo tudo caotico e depois arrumo. qd dividi um ap há uns tempos atras, minha companheira dizia: poxa, n dá nem vontade de arrumar a casa, pq sua faxina é TÃO melhor que a minha...
então tá!
beijinhos
e quando vier na terrinha avisa, quero muito cerveja contigo.

Rita disse...

O teto? Você limpou o teto? Meu Deus. Já sei, gordura, ne? Ui.

Ó, best title ever, pode selecionar esse na brincadeira dos 7 links. ;-)

Bj
Rita

Iara disse...

Ia ser muito chato se a gente não pudesse dizer assim, abertamente, que gosta de fazer uma tarefa só por que somos feministas, né?
Olha, eu não sou da turma da faxina não. Faço às vezes, mas não curto. E marido é organizado. Meu negócio é a cozinha. De cozinhar eu gosto muito, me sinto meio bruxa, até.
Mas o que eu concordo é que a gente tem que achar o ponto. Por mais que eu goste de cozinha, tem dias que eu não tô afim, não rola, mas tenho direito de comer ainda assim. Pois então, se você vive numa casa com um monte de gente, deveria ter o direito de estar numa casa limpa (ainda que não fosse tão limpa quanto você a deixaria) mesmo quando estivesse cansada. Mas sei bem que as coisas não funcionam assim...

Aline Mariane disse...

apesar de não ser a dona de casa que a minha mãe gostaria que eu fosse (que lava a cozinha jogando água 2X por dia), também gosto de fazer faxina, produtos de limpeza e talz. Prefiro uma bagunça limpinha que uma organização melecada! As vezes Loic diz que ele mesmo pode fazer, mas, aha, eu não confio: a minha faxinha é melhor! Por outro lado, atualmente não faço nem macarrão, essa é tarefa dele!
Durante um tempão, dividi apê com 2 viciadas em faxina. Não foi fácil, rolava meio que uma competição de "quem faxinava melhor", sem contar que elas não entendiam a minha bagunça limpinha. Depois tive colocs o extremo oposto: que não faziam nadica. Virei doméstica, mas, confesso, nem foi tão difícil assim. Pelo menos, no final, tudo ficava do meu gosto.
Bjss!

Angélica disse...

A casa da minha tia, onde eu to de ferias e dou uma força com a limpeza, é esse tipo de casa que ta sempre limpa, nao da nem gosto de arrumar, mas um dia ela teve a petulancia de me pedir pra passar pano na casa-onde nao se pode nem entrar de sapatos-3 vezes por semana(abusaaaada). Cara, nao aguentei e perguntei se alguem ia começar a cagar na sala, porque, né?
Adooooro teu blog e saio por ai contando tuas historias e fazendo o povo rir.

Caso me esqueçam disse...

s: ai, que cara de pau. parecia minha mae diante da minha revolta em ver que meu irmao nao fazia faxina: "eh porque ele nao faz direito, minha filha". eh, e nunca vai fazer caso nao seja colocado no cargo, neh? ai! ah, e onde tu mora?

rita: passei a vassoura pra tirar as teias de aranha, sim hehehehe

iara: pois eh, esse eh o probleminha de morar com outras pessoas. tem gente aqui que, se pudesse, nao lavaria nunca o banheiro. nojo. e as vezes eu corro o risco de ser doente com limpeza, entao pego leve aqui.

aline: ai, como eu queria que meus colocs competissem pra fazer faxina hahaha

angelica: TRES vezes por semana?! gente, varrer duas vezes por semana e passar pano uma vez eh suficiente. a menos que voce receba muita visita ou more numa rua onde nao ha calcamento. tres vezes eh cruel Oo

Talvez

Related Posts with Thumbnails