quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Peum peum peum peum peum...

Um: primeiro, muito obrigada a tod*s aquel*s que me desejaram força, saude, paz, prosperidade e sexo selvagem nos ultimos posts. Lind*s!

Dois: Rita, eu nao faço mestrado. Esse fricote todo é somente por causa de uma graduaçaozinha. Hihihi. Espere até ver meu drama quando eu tiver no mestrado.

(Post censurado)

17 comentários:

Nira disse...

Pôxa, desculpa eu ter esquecido de te desejar dias cheios de VHS (Várias Horas de Sexo). é que meus dias têm sido somente em DVD (Deitar, Virar e Dormir), rsrsrs

Sardenta disse...

ai luci! :(
tua amiga de trabalho é protestante e machista? o que eu vou te falar? boa sorte!
eu sei que vc não vai em uma igreja, até pq se vc for vai ser expulsa de lá e vc vai sair dando risada! essa é minha luci!

asnalfa disse...

Ta com medo de falar que é ateia e perder a amiga e ficar sem grupo ne....
To sabendo.

Renata I disse...

Adorei o VHS e o DVD kkkkkkkkkkkk

Pior q comigo aconteceu quase o mesmo na escola de francês....A única brasileira da classe era católica fanática. E quando a professora perguntou o que ela fazia da vida, ela me responde: "Eu levo Jesus para as pessoas"....

Meu, fui escorregando, escorregando, e se a mesa não fosse pequena pra tantas pernas debaixo dela, teria me escondido ali mesmo....

Iara disse...

Puxa, seu marido não deixa é de lascar. Tipo, quantos anos tem essa menina?

Mas ó, administra aí sua tolerância e sua impaciência, que às vezes por primeiro julgamento a gente perder muitas oportunidades. De repente a menina não vai ser sua companhia de bar, mas vai ser muito parceira em outras coisas. De verdade, não só pra fazer trabalho. Amizades se formam por afinidades e cumplicidades. Quer dizer, afinidades talvez vocês tenham poucas, mas estarem no mesmo barco já mostram que cumplicidade terão, com certeza.

Borboletas nos Olhos disse...

De tudo, tudo, amei o aaaannnjo de candura. Eu fico só imaginando, claro, toda essa beatitude, rsrsrs. E, olha, se você cozinhar uma comida bem gostosa, pegar uma cerveja gelada, passar a roupa dele com esmero, fizer um sexo bem demorado e pedir com jeitinho quem sabe teu marido deixa?

Glória Maria Vieira disse...

Doente não, "ça mostra", Chefa! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ORA QUE PESTE! MINHA AMIGA, HELLO!--' AUHAUSHUAHSUAHUHSAHSHAH Mas é óbvio que Camilão não ia deixar seu anjo de candura sair de perto dele mais algumas horas, né?! ¬¬ UASHUAHSUAHSUHAUHSUAHSUHAHS

NEM COMENTO MAIS, CHEFIA! NEM COMENTO! u.u

Bel Boucher disse...

Eu tive sorte. Já tive alguns amigos aqui em Paris que eram de alguma dessas igrejas protestantes. Note, eu nem sei o nome da igreja! Não é incrível? Nunca, NUNQUINHA tentaram me levar para "o culto". Essas pessoas só cresceram no meu conceito (essas pessoas específicas). A única coação eram os convites para um certo concerto de jazz que tem, se não me engano, em st. michel, e que depois tem umas "palavras do pastor". MAs, sinceramente, tenho certeza que me chamavam pelo jazz e não pelas palavras. Mas também, só pra garantir a amizade, nunca fui.

Aline Mariane disse...

toda boa sorte do mundo!! =o] (e tudo isso dos comentários, hihihi)

oh, só uma coisa: não julgue a menina por ser evangélica e por ter te convidado para o culto. Veja como se ela gostasse de sertanejo e te convidasse pra festa do peão. Tem gosto pra tudo, ué! Também não acho que dá pra julgar o "por causa do seu marido" como "ele não deixa" ou coisa assim. Pode ser simplesmente um "ah, você vai ouvir sertanejo com ele". Não julgue pelas primeiras palavras é o mesmo de não julgue pelas as aparências (aprendi isso no curso de comunicação não-violenta. Pergunta pra Camilo)
Bjss!

Drixz disse...

Isso não acontece comigo com frequencia, mas acho que ficaria tão sem ação quanto vc. Realmente devemos imaginar como a Aline falou. Do mesmo jeito que convidamos as pessoas pro buteco ou pra uma festa quando gostamos delas os religiosos acham divertido ir à misso e por isso convidam. Eu nunca tinha visto a coisa por esse lado. Foi revelador. Normalmente eu penso "Droga, estão tentando me converter". Mas como vc está tentando fazer amigos, pense na primeira e releve. ;)

::: Luís Venceslau disse...

Pois é, o problema não foi ela ter te chamado para ir no culto.
Vai ver ela só quer ser legal, e já q é algo q faz bem a ela, queria q vc experimentasse tb. Mas essa de "teu marido não deixa", em 2010, é de doer.. hehuaehh

Rita disse...

Tsc, tsc... herege. HIhihihihi....

:-P

Caso me esqueçam disse...

gente, desculpa, mas vou ter que discordar de vocês.

seguinte:

quando você quer conhecer alguem, você o convida pra um café, nao pra um culto. você chama pra jantar na sua casa, justamente porque voce nao conhece essa pessoa. e chamar pra uma festa, ainda que seja de gosto duvidoso, como é o caso, na minha opiniao, de uma festa de rodeio, é completamente diferente. é preciso um envolvimento muito maior do convidado numa igreja. é como chamar alguem pra uma reuniao de um determinado partido politico, po. programao de indio. voces tao me pedindo pra nao julgar a moça, mas se voces recebessem um convite pra irem numa reuniao do psdb com "gente super bacana", voces iriam pensar "ah, que legal"?

pois é.

e asnalfa, eu nao tou preocupada em "perder a amiga" (que nem isso é!). afinal, se ela deixar de falar comigo por eu nao aceitar o convite dela, eh porque ela eh uma babaca que nao valia mesmo a pena, neh. e outra, eu nao sou ateia. ;)

Drixz disse...

Ela deixou de falar com vc por causa disso? Caracas. E realmente, eu tenho que fazer uma correção no que eu disse. Ao receber um convite desses eu ia ficar uns 3 segundos sem reação, mas se me conheço não ia conseguir disfarçar o sorriso de quem acha que tá ouvindo só pode ser brincadeira. Mas isso não ia acontecer pq eu tenho uma cara de "não mexe comigo, rapá!" que afasta tudo quanto é "gente bem intencionada". Impressionante.

Caso me esqueçam disse...

nao, nao, ela nao ficou sem falar, drixz. eu disse que SE ela ficasse sem falar comigo por causa disso... ela nao valeria a pena. bom, ficar sem falar ela nao vai, porque ela nao tem 12 anos, mas sinto que poderia vir por aih uma falta de motivacao dela em relacao a mim. seja como for, desculpem-me, sobretudo os religiosos, mas eu nao me sinto muito a vontade com o tipo que mistura religiao com amizade e tal...

Clara Gurgel disse...

Concordo contigo Luci, geralmente esses "convites" vem embutidos com a seguinte intenção:"Quem sabe eu não consigo salvar essa alma para Jesus?!" Quando recebo convites assim,só consigo dizer:"Tá bom!Qualquer dia apareço por lá!" e nunca vou,né?! Aí,o tempo passa e, quando essa pessoa que me fez o convite, me encontra de novo na rua, me olha com aquela cara de:"Huumm...olha lá aquela que não quer ser salva!"(Dá até vontade de rir!!)

Mari Biddle disse...

Menina, notei semelhanças entre o que aconteceu comigo e com vc nesta semaninha - ambas são brasileiras. Será que tu ouviria a mesma senteça de uma francesa? Será que eu ouviria de uma americana a mesma perguntinha que ouvi da minha parente - 'seu marido deixou tão cortar tão curto?'

Vontade de me esconder e só voltar quando o machismo se dissipar da face da terra.

Talvez

Related Posts with Thumbnails