sábado, 28 de maio de 2011

04. Do que é diferente - Fête des voisins

Na ultima semana de cada mês de maio, a França comemora a Festa dos vizinhos. A idéia surgiu em 1999 com o proposito de estimular as relacoes entre os moradores dos bairros. Eu nunca tinha ouvido falar na festa até um dos meus colocs resolver organizar uma aqui em casa, ontem. Pro caso francês, isso é fantastico, porque as pessoas aqui nao moram, se escondem. No Brasil, eu pensaria mais numa campanha pra que os vizinhos nao participassem tanto da vida alheia.

"Bom dia, eu sou o babaca do quinto andar!"
"Oi, eu sou a puta do terceiro!"
Apesar de existir ha pouco tempo, a festa parece ser bem popular. Meu coloc foi na sub-prefeitura e pegou o material que ela disponibiliza pra festa: cartazes, baloes, convites, camisas e adesivos pra colar na blusa onde os vizinhos escrevem seus nomes pra facilitar o reconhecimento durante a festa. 

Eu moro ha quase dois anos aqui e o unico rosto de vizinho que eu conheço é o da vizinha da frente, e somente porque ela sai de casa pra fazer feira no mesmo momento em que saimos. Mas desconheço os moradores de toda a rua - que consistem basicamente em velhos solitarios e ranzinzas. A vizinha do lado, um amor de pessoa, ameaça denunciar a gente por uma construçao que fizemos sem permissao da prefeitura. Nao, a construçao nao foi no jardim dela, foi no nosso, mas ela nao gostou e pronto. 

A perdiçao das crianças. E a minha
Pra festa, pensei em fazer um prato brasileiro, algo bem elaborado. Entao, fiz brigadeiro. Foi dificil. Mas dificil mesmo foi explicar às pessoas que aquela sobremesa nao tinha nada além de leite condensado como ingrediente. Eh que francês nao curte muito doce. O leite condensado daqui, por exemplo, é diferente, é menos doce! 

Mas o primeiro desafio da festa foi o de convencer as pessoas a participarem dela. Depositamos convites nas caixas de correspondência, mas como a vizinha da frente é especial, uma coloc foi falar com ela pessoalmente na vespera da festa e a convidou pra conhecer nosso jardim. Minha gente, que desgraça. Nosso jardim é a ultima coisa apresentavel desse mundo. Temos um bom espaço na area externa da casa onde cada coloc poe em pratica seus projetos: temos uma estufa onde plantamos tomate; a construçao da discordia, ja citada, em madeira, pra guardar nossas bicicletas; temos um forno à lenha; um grande espaço pro composto e, em breve, teremos um... galinheiro.


Pessoas de boca cheia 


Da esquerda pra direita, vos apresento: torta de chocolate, quiche, brigadeiros, cerejas,  purê de lentilhas, mais torta, paes e pessoas sem importância ao fundo


Vizinho faminto e eu 

 Mas tudo isso é assunto pra um outro post. O que importa neste é que, pra fazer o fogo do forno à lenha, precisamos de que, amiguinhos? De leeenha. Entao, o pessoal passou a juntar todos os restos de madeira e pau que viam pela frente e o resultado é que parece que toda a madeira do universo se encontra no nosso jardim: resto de cadeira, tabua de mesa, galho de arvore, bau, sequoia etc. O monte de galho fica bem na entrada do bêco que da acesso aos fundos da casa, e sempre que eu passo por la, eu prendo meu vestido, minha saia... Eh perigoso se aproximar, ja perdemos dois gatos, uma criança e um vizinho que tentaram passar por essa area. Eles tao la até hoje se debatendo.

Eh sério.

A vizinha, quando viu nosso jardim, ficou impressionada com nossas plantaçoes, mas quando viu o tanto de madeira amontoada disse chocada "mais ça fait un peu de bordel quand même!" que em traduçao livre (livre de certeza) quer dizer "puta que pariu, que bagunça do carai". Inclusive, acho que ela nao veio pra festa com medo de ficar engalhada.

Como nao recebemos confirmaçao de nenhum vizinho, ficou aquela tensao no ar se teriamos uma festa de vizinhos sem vizinhos. Pouco a pouco, as pessoas foram chegando. A primeira, foi uma vizinha ja conhecida que é freguesa da nossa lojinha - temos uma micro-loja na garagem de produtos bio em processo de desenvolvimento: igualmente assunto pra outro post. Ela veio com a familia. Depois chegou um velhinho solitario que encheu a cara e contou a historia da nossa rua. Finalmente, chegaram mais duas familias. Uma delas era composta por um guri que tocava violao e uma menina que tocava flauta. O guri conseguia dedilhar alguma coisa sem fazer o ouvido doer, mas a menina... Aplaudi por educaçao, mas a vontade mesmo era arremessa-la no monte de galhos. A flauta dela e meus pensamentos:

- Fi-foooom fiii-foooom!
- Eu podia ta roubando. Eu podia ta matando.
- FI-FOOM FI-FOMM...
- Mas nao... Estou aqui escutando essa...
- Fiiiiiiiii... Fooooooommm...
- ...pessoa. 

Quando ela acabou, eu fui a primeira a aplaudir: aplaudi o silêncio.

Mas a festa foi otima! Nao serviu muito pra mim no proposito de conhecê-los, ja que eu sigo sem saber o nome das pessoas ou a casa onde eles moram. Mas é bom guardar boas relaçoes com os vizinhos, dificilmente estes vao chamar a policia quando das nossas festinhas barulhentas.

Por falar nisso... hoje é o meu aniversario! *dancinha

Taih, nao curto envelhecer, mas esse é o unico dia em que eu sou babada e mimada ao extremo, entao, aproveito! O dia nem acabou e ja foi lindo! Fomos a um restaurante indiano na parte antiga da cidade (Vieux Lyon). Depois compramos uma cerveja e fomos dar uma voltinha. Vieux Lyon é a parte mais turistica da cidade e hoje tava tendo uma feira onde as pessoas da organizacao estavam vestidas em trajes medievais. Louco! Tinha uma tenda com tiro ao alvo onde a arma era uma besta. Lembrando que a besta da qual eu tou falando é mais parecido com isso,


do que com isso:

    
E por falar em animais (tou parecendo o wikipedia e seus hyperlinks), as galinhas acabaram de chegar! Acreditem ou nao, elas sao presente de aniversario de uma das colocs. Ela faz aniversario amanha, entao, faremos uma festinha hoje aqui em casa. Por conta disso, vou me recolher aos meus aposentos e descansar um pouco pra estar disposta hoje à noite.



19 comentários:

Helena disse...

Que post maluco e superinformativo :P Muitas coisas, muitas coisas. A primeira delas é "Parabéns!! Feliz aniversário, Luciola! Seja feliz!". Hoje vou numa festinha alemã aqui em SP, a Maifest, vou tomar uns chopps e comer umas salsichas em tua homenagem :D

Fiquei muito interessada no jardim de vocês, parece muito legal, bem verde. Interessante também esse esquema de produtos bio, vou aguardar o post sobre o assunto. E o galinheiro, vai ter galo? E essa tal festa medieval? Não quis te fantasiar também?

Simone Westerduin disse...

ahhaha Luci, primeiro o seu layout é ótemo, adorei mesmo, super bom gosto. Segundo nesse post eu só conseguia lembrar da festa do Chaves: da Boa Vizinhança e pela descrição da sua, tem uma dona florinda, tem as crianças, tem um seu Madruga hahahaha

Beijos

corujinha disse...

Putz... aqui no elavador sempre tem um cartãozinho falando da fête de voisin... e eu olhava, achava tão sem nexo... pensava em propaganda de pizzaria, manutenção de alguma coisa... e nunca prestei muita atenção. Na próxima saída de casa vou ver direito, parece que tem até lugar com data, horário e local... hehe, não sei se meu francês é muito ruim ou se minha falta de noção tá aumentando...hehehe
Ultra informativo seu post!
Ah! Joyeux anniversaire! Tô tomando um rose pra comemorar!

Juliana disse...

ê, parabéns pelo niver!
Fotos das galinhas, por favor! =)

disse...

Ja' fui em fête des voisins no 1° predio onde morei. No atual nao fizeram nada e nem tem como fazer, pq nao tem nenhuma area comum. E os 2 vizinhos do terreo que tem jardim estao looooonge de ser tao simpaticos qto vcs. Hoje sem querer o Rafael jogou um brinquedo pela janela, fui la' pedir 1000 desculpas e a velha rabugenta foi meio mal-educada. Foda...

Cara, galinhas??? A vizinha do lado vai se mandar dai' haha!!!

Beijos e parabéns de novo!

Rita disse...

Meldels, eu nunca ganhei uma galinha de aniversário,grazadeus!!!!!!!!!

FELIZ ANIVERSÁRIOOOOOOOOOOOOOOO

Ai, que vontade de te dar um abraço!!!

Prestenção: eu adoro você. Assim, adoro. Então eu desejo muita saúde pra sua vida ser bem longa e você continuar por muito tempo espalhando alegria por aí, menina, porque é isso que você faz nessa vida: você espalha alegria. Um beijo grande, um abração que já já vai ser mais que virtual, obaaaaaaaa!!!

Aproveite!!!!

Rita

Palavras Vagabundas disse...

Parabéns pra você nesse data....
você sabe o resto!
Um abraço apertado.
bjs
Jussara
Galinhas???? Vai entrar na minha lista de presentes esquisitos.

Glória Maria Vieira disse...

Eu e as meninas- minha irmã e nossa amiga- já demos umas "festinhas" em prol da vizinhança, mas o desmantelo foi demais. AUHSUAHUHSHHS Dá última vez, um bonitinho da fanta levou um pedaço da parede. (Não pense coisas erradas, Chefa, deixe de calma! AUHSUAHHAUHSH Arrancou um pedaço porque foi colocar o sofá no lugar com um outro azuretado no final da bagunça e lascou com a pobre na parede. ¬¬)
OU SEJA, FESTINHAS COM A VIZINHANÇA é um caso de aturação ON. AUHSUHAHS Porque pinta todo tipo de vizinho, né?! Se bem que essas nossas, só cabiam/cabem nossas amigos-vizinhos que, infelizmente, se inventaram, numa delas, de trazer um amigo incoveniente que pegou a reta do SENAI lindo. AUHSUAHSAHUSHAUHUSA Isto é, acho que nem são festas de vizinhança as minhas, mas reuniõeszinhas. UAHSUAHSUHA ENFIM, SEI QUE BRIGADEIRO É O QUE HÁ! Como não, dou exemplo! o/

E essa piveta ATENTADA da flauta? Devia estar bombando no ídolos ,nera Chefa?! AUHUAHSASUAHSUHAUHSAHSHAUHSUA Quem ainda tem talento é ela na França. Toda trabalhada no desastre! AUSHAUHSUAHUSHUAHSHA

Parte 3 do coments:
Sobre nosso 28 de Maio, http://apenasumafresta.blogspot.com/2011/05/tim-tim-sua-vida-luci-luci.html.

Ana Pe disse...

Luci!!!

Em 1º lugar, FELIZ ANIVERSÁRIO :)
Te desejo muitas alegrias, muito sucesso nos seus projetos e muito amor!!!!

Ó, adorei a dica do blog e de vc ter lembrado de mim!
Amei o novo layout! Eu tô meio sumida daqui mas não te esqueci não! Sempre que posso venho dar uma espiada!

Beijos mil!

Eliana disse...

Parabéns, por acaso conheci seu blog ontem e já li um montão sobre você...Não me pergunte por onde eu vim, quando eu vi, já estava aqui.rs Feliz Aniversário!!!!Dói um pouco ver os anos passando mas se não fosse assim, a gente não teria tanto pra rir e pra se lembrar. Felicidades! Adorei a idéia da festa de vizinhos...pelo menos uma vez na vida se vê a cara deles! rs Na Holanda acho que não há nada parecido, mas se convida eles vem hahah

Caso me esqueçam disse...

helena: hahaha adoro quando as pessoas que vao beber em minha homenagem! nao ha homenagem melhor! quando eu tiver um tempinho, faço um post sobre essa dos produtos. essa é uma ideia do cara que pensou em fazer a fete de voisins aqui, o bicho eh todo empolgado, cheio de iniciativa, gosto disso. quanto a festa, a gente nem sabia que tava rolando, a gente se deparou com ela no meio da rua. ate agora nao sei do que se tratava. e ate o instante, a gente nao vai ter galo nao. as galinhas ja tornaram tudo ridiculo o suficiente hahahaha

simone: oxe, um amigo me indicou esse video no youtube quando leu meu post hahahaha fantastico! (ah, e que bom que tu gostou do layout! segui tuas dicas pra fazer as paginas, obrigada! deu certo!)

corujinha: eu aaaacho que ja haviam me falado sobre essa festa, achei que fosse a amanda, mas ela nao confirmou hehehe ah, e que legal, nao sabia que tu morava na frança! tu mora onde?

juliana: tirei fotos ontem quando elas chegaram hahaha pense nuns bichos feios! credo! sao pretas! vou fazer um post pra mostra-las a voces.

dé: affy, vizinho fraces quando tem que ser um porre, consegue. ha umas duas semanas a gente fez uma festinha no jardim (a musica tava baixa), mas o vizinho veio. acredita que ele se tremia? disse que nao tava suportando as vozes da gente, quer dizer, eu nao tava, e que tinha filho, que o pai era depressivo (?). e, sei nao, nao entendo como o cara espera o momento de ficar se tremendo pra poder falar com a gente. era soh dar um toque e tudo bem, mas…

rita: oooww, ritinha, que bonitinho! hihihi eu sou toda macho, dai leio uns comentarios, assim, sabe, como os teus, aih baixo a guarda e fico feito uma lesa, rindo, desse lado do pc :D QUE BOM! brigada :***********

palavras: agora voce ja sabe como tornar o presente de aniversario de alguem inesquecivel!

glorita: HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHA

eu riiiii! "Dá última vez, um bonitinho da fanta levou um pedaço da parede": eu nao sei qual parte dessa frase foi mais engracada. pior que eu imaginei primeiro o cara saindo sorrateiramente pela porta com um pedaço de parede debaixo do braço. depois imaginei a figura tentando fazer o bem e destruindo tudo. ô, coitado. quer dizer, coitada da parede. quer dizer, coitada de vocês!

ana: pois é, essas coisas curiosas e criativas tem tudo a ver com teu blog! tenho um amigo que nunca comenta la, mas ja me agradeceu duas vezes por eu ter apresentado a ele. ;)

eliana: que bom que tu comentasse por aqui, porque eu adorei teu blog! brigada!

Sardenta disse...

HAHAHAHAHAHA

Queria tanto ser tua vizinha.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Gostei do blog. Bravo!
Abraços,

O Falcão Maltês

Mariana disse...

Parabéns de novo Luci!!! Pelo aniversario e pelo sucesso da festa dos voisins!!! êêêêêê!!!

Charcoal Making Handbook disse...

coitada da menina da flauta, ela se doou tanto...

mas eu ri muito mesmo assim.

Helena disse...

Perguntei do galo porque me preocupo com as tuas noites de sono, hehehehe. Bah, um galo por perto é muuuuito chato, eles começam a cantar às 3h da manhã e vão até as 5h, suuuuuper agradável!

Somnia Carvalho disse...

talalalaltreallalala... fiz dacinha atrasada! serve?

parabens pra voce naquela e em outras datas queridas!

meu, entao foi assim que tudo comecou? eu vim destrais pra frente nos posts e agora entendi...

1. a cara do blog ta muito legal tem mais a ver com seu jeito pineu de ser.

2. a ideia da festa e engracada... eu tambem teria a mesma ideia sobre festa aqui no brasil: Se meta menos na vida do vizinh oe ta otimo.

3. brigadeiro e mesmo elaborado! e suecos tambem nao entendia como a gente podia comer algo tao doce, enquanto as brasileiras e brasieliros da festa estavam rindo a toa quando eu fazia.

Renata Lins disse...

Só cheguei agora, então agora vai: parabéns super-atrasados, Luciana! Adorei a história dos vizinhos. E coloc é um termo mto engraçado... não conhecia. É assim mesmo? Os vizinhos não se encontram? Hoje fui tomar um café com um amigo, cujo filho passou um ano na França e disse que era bem difícil passar prá segunda etapa - quer dizer, vc conhece a pessoa, vai tomar um chope coletivo, conversa à beça e... segunda feira tudo tá igual. Como é sua experiência? Concorda com isso?

Caso me esqueçam disse...

renata: que nada, o pessoal aqui é fantasma mesmo. nada dessa de se encontrar por acaso e bater aquele papinho de fim de tarde. e concordo plenamente com o filho do teu amigo. eh exatamente assim. sabe o post que fiz sobre cote d'azur? pois bem, passei um fds com o pessoal, bebendo e jogando uns jogos, rindo, maior animaçao, maior clima "olha como somos felizes". dia seguinte, todo mundo mudo. na hora de se despedir, aqueles frios dois beijinhos. menina, eh tudo muito diferente. brasileiro vira amigo de infancia numa mesa de bar. aqui, pra ser AMIGO de um frances, você pena, viu. mas em compensaçao, as relacoes aqui sao mais duradouras, sao mais verdadeiras. no brasil, vem facil e vai facil, tem muita fofoca, nego se metendo na vida do outro, achando que tem liberdade pra fazer certas coisas (como se meter na sua vida). tudo tem seu preço, né? e se me pergunta se de qual lado eu gosto mais, gosto do "lado do meio" :)

Talvez

Related Posts with Thumbnails