domingo, 10 de janeiro de 2010

DILF

Uma leitora do blog, Neide, me perguntou como se passou meu teste do DILF. O DILF é um teste que eu precisava fazer, juntamente com outras coisas, pra poder permanecer no pais. Foi por isso que eu tive aulas de francês gratuitas da Prefeitura.

Quando eu fiz a entrevista pra que a Prefeitura pudesse avaliar meu nivel de francês, eu tive direito a 200h de aula. As aulas eram obrigatorias, então, como vi que o show de Paul McCartney era numa quinta-feira, em Paris, eu preferi fazer o teste antes do final das 200h pra poder me livrar logo das aulas e poder ir ao show em paz. E assim foi.

Penso que nem se eu tivesse perdido todas as aulas o teste teria sido dificil. A coisa é quase uma afronta a inteligência do imigrante. Então, pra quem anda preocupado com o nivel do teste, garanto que isso não sera dor de cabeça pra ninguém. Quer dizer, no dia do teste, encontrei duas mulheres que tiveram aula comigo. Uma delas, coitada, tem problema auditivo e deve ter feito 10% da prova, ja que a maioria das questões são construidas em cima de audio.

A maioria das questões seguem a mesma logica: você tem cinco imagens e escuta cinco mensagens. Depois, você enumera as mensagens de acordo com as frases que ouviu (que são repetidas duas vezes). A parte mais dificil do teste é uma produção escrita que deve ter, no minino, 20 palavras. E esse exercicio é justamente o que tem menor peso: 5/100

Eu fiz o teste no 1° de dezembro, mas o resultado soh vai sair esse mês, sei la quando. O que me preocupa é que um cara que conheci em Toulouse me disse que, se eu quiser entrar num mestrado, tenho que passar em outro teste, o DELF (tem ainda o DALF). Alguém precisou mostrar os conhecimentos de francês no mestrado fazendo esse teste ai?

Pra mais informações sobre o DILF (e o DELF e o DALF e o DOLF... bla):
http://www.ciep.fr/dilf/index.php

7 comentários:

Amanda disse...

Po, redaçao de 20 palavras? Hehehe! Essa foi boa... Quanto ao Delf, depende da sua universidade. Nas duas que me increvi nao precisava fazer: uma tinha uma prova na propria faculdade (que dizem que é bem ridiculinha tbm e se faz meses depois do inicio das aulas) e a outra nem tive prova nenhuma, so uma entrevista com a professora e te garanto que meu francês era uma boa porcaria. Vc tem que entrar em contato com a universidade, antes de tudo.

Aline Mariane disse...

eu vou fazer o TCF "publique général" esse ano. Praticamente todas as faculdades que entrei em contato aceitam o TCF com bom nivel dentro do prazo de validade (vale por 2 anos). Desisti do Delf e Dalf, minha ortografia é uma droga, pelo menos o TCF é todo de alternativas - e no dia a dia existe o corretor do Word, né?!
Sera que vou ter que fazer o Dilf?! Ja vi que vou ter que passar pelas tais palestras, como você fez... acho que vou fazer o TCF antes, pelo menos me livro de mais um teste!

Drixz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Drixz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Drixz disse...

Eu, como dou aula de francês aqui no Brasil, frequentemente me deparo com questões do DELF e do DALF. O DALF equivale ao nível avançado do francês e avalia compreensão e expressão oral e escrita. Vc tem que estudar pra fazer a prova. Dê uma olhadinha nesse site (vá até o final da página) acho que assim vc pode ter uma noção do nível da prova.
http://www.lepointdufle.net/p/francais-evaluation.htm

Mariana disse...

Oi Luci! passando rapidamente para dizer que eu fui aceita no mestrado com o TCF! Vale mais a pena que o DELF, pode ter certeza! Se precisares posso te mandar mais detalhes sobre a prova por email!
bjus!

Ju Moreira disse...

Oi Luci!! Quanto tempo!! Então, xeu te dizer. Meus planos qdo mudei p a França tb eram de fazer um mestrado. Lendo teu posts mais recentes vi q tu ta procurando emprego. Nas escolas de crianças tem sempre gente precisando de uma pessoa p ir buscar os pequenos e ficar com eles entre 16-19h. Parece mentira, mas vc aprende muuuuuito com crianças e muuuito rapido.

Bom, qto ao DELF e o DALF eu fiz os dois para garantir. Qdo fiz, eles nao tinham prazo de validade como agora (comecaram isso no ano seguinte) e já era difícil. O DALF ´o de aprofundamento e um pouco mais difícil, mas acredito q vale a pena fazer ambos.

Tanto o DELF qto o DALF avaliam as quatro competencias (expressão e compreensao oral e escrita) de maneiras diferentes. O DALF é muito mais uma questao de posicionamento, ponto de vista, eles querem ver se vc consegue argumentar e aprensentar argumentos de forma lógica e clara. O candidato pode escolher entre letras e ciencias humanas ou apenas ciencias como tema.

Eu investiria nos diplomas, assim tu fica livre de qq teste futuro.

Vou ficar na torcida...

xero

Talvez

Related Posts with Thumbnails