sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Jogos mortais

Sinta o perigo

Camilo tem um casal de amigos que parte segunda-feira para fazer uma viagem de bicicleta de seis meses na Asia. Inveja define. Eu tenho deixado de ir às festas e encontros dos amigos de faculdade de Camilo, porque sempre me sinto um peixe fora d'agua: eles estao sempre tratando de assuntos pessoais/internos dos quais eu nao tenho a menor possibilidade de participar. Mas ontem, meus amiguinhos, eu estava com uma particular vontade de beber e, como estou de férias essa semana, fui à festa de despedida que eles deram ontem numa praça aqui de Lyon. 

Bebo ha mais de uma década (sou xovem) e ainda nao aprendi que barriga vazia e alcool nao sao amigos. Ha mais de oito horas sem comer, comecei a noite com uma inocente lata de cerveja, mas quando vi que na praça nao havia banheiro publico, resolvi me poupar das mijadas nas calças calçadas e passei logo pro vinho. O primeiro copo me deixou feliz. O segundo copo me deixou radiante. O terceiro copo me deixou bêbada. 

Algumas praças de Lyon nao tem nada além de terra, o que faz a alegria dos jogadores de pétanque (em português, o feio "petanca"). Esse é um esporte muito popular na França e é ela que leva quase todos os prêmios nos jogos mundiais. Nos campings franceses sempre tem uma quadra (?) de pétanque e três entre três velhinhos franceses a jogam. Mas nao somente os idosos: na praça de ontem, por exemplo, havia pelo menos quatro grupos de jovens jogando pétanque. Eu estava em um deles. 

Pra resumir o funcionamento do jogo: cada jogador tem bolas metalicas que devem ser arremessadas, diante de uma linha demarcada no chao, em uma bolinha de madeira que se encontra disposta no campo. Os pontos sao dados aos jogadores de acordo com a proximidade de suas bolas junto à bolinha. Sei que o jogo pode parecer entediante, mas... ele é. 

Como eu nao tinha muito pra fazer, fui com um copo de vinho numa mao e uma bola na outra jogar uma partida com Camilo e dois amigos. A unica vez que joguei pétanque ja data de dois anos e, como eu queria impressionar, eu me concentrava bastante antes de jogar as bolas. Algumas caiam bem longe da bolinha, mas numa jogada, eu cheguei até mesmo a conseguir afastar da bolinha uma das bolas do adversario. Viva eu! 

Quando comecei a arremessar as bolas a cinco quilômetros da praça, comecei a desconfiar de que eu havia bebido demais. A certeza veio logo em seguida. Peguei uma bola, arremessei e simplesmente... fui junto com ela. Nao sei o que houve, mas quando percebi, la estava eu no ar. Se eu tivesse aberto os braços, eu teria planado pela praça. Comentario de Camilo essa manha: "Luci, tu deve ser a unica pessoa na Terra que teve a façanha de cair num jogo onde a gente joga parado". "Eh como cair jogando xadrez".

Minha gente, é muita humilhaçao. 

Vestimenta altamente recomendavel
para o jogo de pétanque
Pois quem nunca caiu parado que atire a primeira bola de pétanque pra ver. Eh um jogo perigoso! Vocês sabiam que as bolas tem mais de meio quilo? Pois é, pois é, pois é. No que isso influencia minha queda? Nada. Mas imaginem uma pessoa bêbada arremessando bolas de meio quilo. Eh um jogo perigoso! Eu tava com um vestido cinza escuro que a terra branca fez mudar de cor. O sangue escorreu do joelho. Otimo é quando as pessoas perguntam se você esta bem. Claro que é por educaçao e agradeço muito, obrigada, mas a vontade de responder é "fora o mico, o sangue, a dor e o vestido? Tou otima". 

Mesmo depois da palhaçada, quando o alcool acabou, pedi a Camilo pra irmos ao bar da frente. Ele nao quis, mas uma singela ameaça de morte o fez mudar de ideia. Esse é meu jeitinho. A partir daih, eu tenho alguns flashes da noite. Camilo sempre me ajudando a reconstitui-la. Fomos pra um outro bar, um cara ficou dando em cima de Camilo. Eu disse ao cara que eu nao era ciumenta e ele disse que eu deveria ser. Er... Ok. Depois "tu enchesse o saco pra que a gente fosse comer". Coitada de mim, eram duas da manha. 

A volta pra casa foi aquela maravilha. Voltamos de Velov. Mas nao tinha possibilidade de eu cair, minha gente, porque havia duas pistas. As vezes até três, imaginem vocês. Chegamos em casa sao e salvos e, se vocês querem saber, fora o mico, o sangue, a dor e o vestido, eu tou otima.




17 comentários:

Luciana Nepomuceno disse...

às vezes eu quero crer que não pode ser tudo real, que você inventa pra agradar seus leitores...mas daí eu penso: quem teria tanta criatividade pra imaginar isso? ;-)

baby, que bom que fora sangue, mico, terra, etc e etc você e o Camillo estão bem. Fico com pena só do cara que levou um fora do Camilo...quer dizer, levou, né? Ah, você não lembra.

Maite disse...

Ah Luci!
Petanque nem eh entediaannntzzzzzzzzz.
Puts, fui num aniversario de 30 anos, durante o dia, que as pessoas passaram a tarde, a noite e a madrugada jogando essa p#@!!
Mentira, comecou a chover e entramos todos numa casinha pra jogar baraalhzzzzzz!
30 is the new 70! ;)
Ri muito! Ammmo seus posts, mas isso vc ja sabe!
Beijo!

Amanda disse...

A unica coisa entediante até hoje que ja li nesse blog foi a regra de petanque. Acho que até pulei algumas palavras, pra vc ver como eu gosto do jogo. Aurelien adora, no camping uma vez ele me obrigou a assistir (pior que jogar petanque, é assistir petanque) pra me provar que era legal. Não era legal.

Morri de rir, pra variar! Ah, mas petanque é bocha, não? Eh não é quadra, é terreno! :*

caso.me.esqueçam disse...

brabu: eu dou uma bela de uma aumentada! (jura, luciana?) minha queda por exemplo. nem tive tempo de voar: tropecei dez metros e cai feito um saco de batata no chao. glamour puro. ah, e o cara poderia ter comido a bunda de camilo naquele bar, eu nao teria lembrado de nada.

maitê: rapaz, petanque é legalzinho, mas depois do quinto ponto (sao 13 no total, sei la), a coisa começa a morrer… o importante é que ganhamos. o que eh normal, afinal, dei meu sangue naquele jogo. :/

amanda: ASSISTIR ao jogo? credo. por que ele fez isso contigo? o que tu aprontasse? e eu sabia que o certo era terreno. soh queria saber se vocês estavam ligados…

Helena disse...

Luci, essa tua vida é pura emoção, menina! :)
Eu ia comentar, mas a Amanada já disse aqui, a "tradução" de pétanque seria bocha, mas as bolas geralmente são de madeiras e não de metal... meus tios jogavam quando eu era pequena bem no interiorzão. Joguei uma vez na FR num camping, também bêbada, não lembro direito como foi, mas acho que não caí não, se não, teria lembrado :O

Wilqui Dias disse...

AMIGAAAA olha vamos CANONIZAR o santo Camilo..rss o santo das memorias depois d eum pileque. rss..mas dessa vez que precisou de ajuda quase foi ele heim?? sendo a atracao no bar. rsss eu fiquei imaginando no outro dia a dor do seu joelho..aff doi demais quando estica a perna e aquela mil curvas se esticam todas enflamadas..espero que tenha sido coisa leve...BOM FIM DE SEMANA...se cuide XERUUUUU

monique disse...

fala sério, as vezes tu não acha que a mundiça brasileira faz falta? tipo, se tu tivesse caído aqui no brasil, além de todo mundo tá rindo da tua cara, ainda te davam um montinho. bem menos constrangedor... heuiehuihe

Glória Maria Vieira disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK You're (momento americana OFF) djimais, Chefa.

Lombas mil! (termo podre para um momento hilário) AUSHAUSHAHSUAHSUHAS

AMOOOOOOOOOOOOO VIR AQUI e deixar meus comentários podres. kkkkkk *-*

Aliás, eu amo mais ainda a dona desse lugar.

Palavras Vagabundas disse...

Luci,
com a tradução já feita, aqui é bocha, se joga de montão de São Paulo pra baixo é não é terreno é cancha. Tem até federação e campeonato. Mas todos nós podemos passar sem ele, acho o jogo bem bobinho, rs
Após o mico, o sangue a dor tenho fé que a ressaca lhe tenha sido leve.
bjs
Jussara

disse...

Luci, so' vc para me fazer dar gargalhadas depois de ter sido acordada as 6h30 da manha num sabado nublado e frio. Melhoras para o joelho. E cara... acho que vc é a pessoa mais desastrada que conheço! Melhoras pro joelho!

E falando em esportes chatozzzz, vcs ja' assistiram jogo de beisebol? Marido jogava na facul com nossos amigos japas, e putz, era a coisa mais mo---no---to----na do mundo. O jogo nunca tinha fim.

Eliana disse...

Ai ai ai Luci...pois é, estes encontros de amigos que não são nossos amigos, que falam de coisas que só eles sabem...ahhhh é de lascar! Mas vc merecia uma medalha de heroína...bebeu, caiu, levantou e ainda conseguiu jogar bocha!hahaha Mérito pra poucos! Ahhh os holandeses tb curtem muito este jogo nos camping's franceses...meus sogros tem uma caixa com "todas as peças"do jogo! hahahaha

Rosa Lopes disse...

No dia que vc vier com a idéia de fazer montanhismo ficarei preocupada.
Bj

caso.me.esqueçam disse...

helena: nao sei qual nome é mais ridiculo: bocha ou petanca! mas oh, mas acho que as bolas sao sempre de metal, pelo menos é o que ta escrito no wikipedia (veja minha referencia!)

wilqui: ai, o problema maior era esse: tentar dobrar o joelho andando de bicicleta! ainda bem que eu tava um pouco, err… dormente do alcool :X

monique: e eu nao sei? hahahaha ainda sinto dor quando lembro de um montinho que rato e emmanuel me deram perto do bebe blues. AQUILO sangrou, viu. :/

gloria: me lasquei, amiga hahahahahahaha nao foi bonito. ainda bem que eu nao tenho memoria quando bebo!

jussara: pelo menos nisso nao tenho problema: ressaca nenhuma no dia seguinte, acordei como um passarinho hihihihi

dé: eu tambem acho que eu sou a pessoa mais desastrada que conheço. e nao soh quando tou bebada. o alcool soh ativa a leseira de tempos em tempos. e beisebol? gaaaah! mas pô, imaginei eu jogando beisebol! ia ser emocionante! eu ia ter uma desculpa pra cair…

eliana: melhor enfrentar a queda que os amigos de camilo :X

rosa: aah nao, por isso que eu soh faço atividades bem perto do solo. realmente perto. tipo assim, beijando ele hihihihi

Vivien Morgato : disse...

Bom, desculpaê, mas estou rindo. Vc faz um texto desse, paga um mico desse e a gente ri, ué.

Quando eu bebia, há dez mil anos atrás, quando eu pensava feliz "nossaaaaa, não feeez efeeetio nenhuuummm, já estava bêbada. Mas achava que estava boazinha da silva.

Coitado de quem estava me ouvindo, papos profundos, huuummm...coitados.

Simone Westerduin disse...

Olha Luci, me lembrei agora do video do "dentinho" aquele que quebrou o dente so-zi-nho ahahahhahaha

tá caida, tá linda, tá pronta pra outra.

beijao

Ana Pe disse...

Fico imaginando a sua fama na roda de amigos do Camilo!
Vc de pingunça deve ser mais engraçada ainda!

Anônimo disse...

Olha
Hoje é sabado eu tou em casa... e tou a rir que nem uma doida de te "ver" a jogar petanque ehehehh
Rosario (R)

Talvez

Related Posts with Thumbnails